COBERTURA ESPECIAL - Panorama Haiti

01 de Julho, 2014 - 01:30 ( Brasília )

BRABAT 20 - Operação Musketeer

Operação Musketeer: BRABAT 20 realiza o cerco de Bellecourt durante a ação da MINUSTAH e ajuda a Polícia Nacional Haitiana a deter 29 suspeitos



Porto Príncipe (Haiti)- Na manhã de 28 de junho (sábado), o Batalhão de Infantaria de Força de Paz do 20º Contingente no Haiti (BRABAT 20) participou da Operação Musketeer, conduzida pela MINUSTAH, realizando o cerco da Região de Bellecourt, dentro da Comuna de Cité Soleil, a fim de assegurar que ações da Polícia Nacional Haitiana (PNH) pudessem ser realizadas dentro daquela comunidade extremamente carente e vulnerável.

Esse tipo de atividade se enquadra na missão do BRABAT não só pelo fato de se destinar a assegurar um ambiente e estável na sua área de responsabilidade, mas também por propiciar o fortalecimento das instituições nacionais haitianas.

As tarefas de cerco do BRABAT foram realizadas pela 2ª e 4ª Companhia de Fuzileiros de Força de Paz, pelo norte e pelo sul, respectivamente, enquanto o Esquadrão de Fuzileiros Mecanizado mobiliou 3 check-points na face leste da região de Bellecourt, conjuntamente com  integrantes da Polícia Nacional Haitiana e Segmento Policial das Nações Unidas.

O patrulhamento foi intensificado pelas ações da 3ª Companhia em Cité Soleil. Isso proporcionou que toda a população que entrava ou saía da região de Bellecourt fosse canalizada para uma área de averiguação próxima aos check-points.

Paralelamente, membros especializados da PolíciaNacional Haitiana faziam buscas e cumpriam mandados judiciais em pontos específicos de Bellecourt, culminando na detenção de 29 suspeitos de cometerem delitos. Destes, 16 pertenciam a gangues que seguem atuando na área.

Outros segmentos do BRABAT tiveram participação nessa atividade, com destaque para as ações de inteligência, de tropas especializadas e do pessoal de Coordenação Civil-Militar. O BRABAT recebeu, também, o reforço de uma Companhia do Exército da Bolívia (BOLCOY).

A operação foi iniciada às 3h30 da manhã com a realização de um briefing para todos os participantes na Base General Bacelar. A seguir, deu-se o deslocamento motorizado até Cité Soleil. O apoio logístico foi prestado pela Base Cité Soleil, atualmente ocupada pela 2ª Companhia de Fuzileiros de Força de Paz. O cerco ficou montado até as 10 da manhã, quando, então, foi iniciado o patrulhamento conjunto por tropas de vários segmentos, que permanecerá até que os objetivos sejam alcançados.

O Force Commander da MINUSTAH, General de Divisão José Luiz Jaborandy Júnior acompanhou pessoalmente  as ações e percorreu a pé, juntamente com o comandante do BRABAT, a área de Bellecourt que havia sido a região de interesse central da Operação Musketeer.



Outras coberturas especiais


Doutrina Militar

Doutrina Militar

Última atualização 21 SET, 00:10

MAIS LIDAS

Panorama Haiti