COBERTURA ESPECIAL - Panorama Haiti - Terrestre

17 de Junho, 2014 - 10:15 ( Brasília )

Atividades de Coordenação Civil-Militar por ocasião do jogo do Brasil no Haiti


Porto Príncipe (Haiti) – Em 12 de junho, durante o jogo Brasil x Croácia, o Batalhão de Infantaria de Força de Paz (BRABAT 20) apoiou um conjunto de atividades de caráter humanitário, conduzidas pela equipe de coordenação civil-militar (CIMIC), sob a orientação da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH).

Aproveitando a oportunidade gerada pela realização da partida e o grande carinho que a população haitiana tem pela Seleção Brasileira, o BRABAT instalou telões e televisões de tela grande em vários pontos de sua área de responsabilidade, a fim de proporcionar que a população mais carente pudesse assistir ao jogo. Ainda durante a atividade, o público foi brindado com lanches, camisetas e pequenas lembranças, que fizeram a alegria da criançada.

Um dos pontos de maior presença de público foi em Bellecourt, região de Cité Soleil. A atividade se desenvolveu com a presença de centenas de pessoas, que vibraram com os gols da partida e, especialmente, com a vitória da Seleção Brasileira.

O Force Commander da MINUSTAH, General de Divisão José Luiz Jaborandy Júnior, que prestigiou a atividade CIMIC, enfatizou a importância dessa ação e revelou sua satisfação pelo fato de que todos os contingentes militares presentes no Haiti realizaram montagem de telões e convidaram a população para assistir aos jogos junto com a tropa.

A 3ª Companhia de Fuzileiros de Força de Paz esteve a cargo da montagem da atividade no Campo de Deslocados Cristo Rei, na Avenida Jean Paul, e organizou as atividades junto à comunidade.

Para o líder do acampamento, Sr. Billy, a tropa brasileira tem realizado um bom trabalho, contribuído muito para a segurança do local, além das atividades de lazer diversas realizadas com as crianças, como jogos de futebol, filmes e atividades como essa que está sendo desenvolvida. Para a Sra. Maria Helena, a experiência tem sido muito boa, demonstrando um excelente relacionamento com a população, principalmente com as crianças. Para ela, "os brasileiros são para nós como irmãos".