COBERTURA ESPECIAL - Panorama Haiti - Aviação

09 de Maio, 2014 - 11:05 ( Brasília )

Militares da área do Primeiro Comando Aéreo Regional concluem treinamento para missão de paz

O grupamento irá integrar o 20º Contingente Brasileiro por meio do Batalhão de Infantaria de Força de Paz (BRABAT 20) a partir do dia quatro de junho

Com um efetivo de 27 militares do Batalhão de Infantaria de Aeronáutica Especial de Belém (BINFAE-BE) e de dois militares do Centro de Lançamento de Alcântara, o Primeiro Comando Aéreo Regional (I COMAR) participa pela primeira vez da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH). O grupamento irá integrar o 20º Contingente Brasileiro por meio do Batalhão de Infantaria de Força de Paz (BRABAT 20) a partir do dia quatro de junho.
 
Como preparação para o início da missão de paz, o efetivo participou de uma série de treinamentos por quase cinco meses que foi finalizado na última sexta-feira (02/05). O treinamento intenso é dividido em quatro fases: Instrução Preliminar, Instrução Peculiar, Adestramento e Emprego.

A terceira etapa (adestramento) foi realizada na cidade de Marabá (PA), no 23º Batalhão Logístico de Selva do Exército Brasileiro, sob a coordenação do BRABAT 20. Essa fase foi concluída com o Estágio Avançado de Operações de Paz, coordenado pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil e foi a última instrução realizada no país.

Mais de 1000 militares ficaram concentrados em ambiente simulado. Desses, 34 são integrantes da Força Aérea Brasileira, entre militares da área do I COMAR e oficiais que integrarão a logística de transporte aéreo das tropas. O objetivo foi a ambientação à rotina de trabalho que encontrarão no país caribenho. Todo o efetivo passou por um extenso período de instruções, com exercícios de patrulhas, de segurança de locais de votação e de controle de distúrbios, além de ações especiais em área urbana, como revitalização de áreas públicas e ações de saúde e cidadania.
 
Cada pelotão será comandado por um Oficial. O Tenente de Infantaria Gustavo Moura de Oliveira será o representante do I COMAR na missão e comandante do Pelotão de Infantaria 20 (PINFA 20). Ele participou da 2º viagem de reconhecimento do Haiti, experiência que possibilitou conhecer a rotina das tropas na região. “A série de treinamentos que estamos recebendo é essencial para poder atuar da melhor forma possível em uma região distante, com diferenças climáticas, culturais e sociais, de forma que possamos cumprir nossas missões principais de manter o ambiente seguro e estável, apoiar atividades de assistência humanitária e apoiar o fortalecimento das instituições nacionais naquele país”, relata o Oficial.

Para o Sargento Sebastião Barroso de Almeida Júnior, que integra o PINFA 20, participar da MINUSTAH é um importante passo para a sua carreira e para o BINFAE-BE. O militar serve há 19 anos na Guarnição de Aeronáutica de Belém e presenciou a criação do batalhão, que completou 7 anos. “Na minha trajetória na FAB já enfrentei diversos desafios, como as ações de busca da aeronave Gol 1907, na cidade de Cachimbo (PA), em 2006 quando ainda era aluno do curso de Busca e Regsate (SAR). Então fui preparado para atuar pela Força Aérea onde ela e os cidadãos precisarem de mim, mesmo que seja além das nossas fronteiras”, relata o Sargento.

Os militares do PINFA 20 iniciarão seu deslocamento para o Haiti no dia 29 de maio e a ativação do novo contingente será em 4 de junho.