COBERTURA ESPECIAL - Panorama Haiti - Terrestre

07 de Maio, 2013 - 09:50 ( Brasília )

BRABAT 18 participa do Exercício Avançado de Operações de Paz


Cuiabá e Várzea Grande (MT) – No período de 28 de abril a 2 de maio, o Batalhão de Infantaria de Força de Paz do 18º Contingente (BRABAT 18) participou do Exercício Avançado de Operações de Paz (EAOP) coordenado pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), cuja missão é apoiar a preparação de militares, policiais e civis brasileiros e de nações amigas designados para missões de paz e desminagem humanitária.

O EAOP é um exercício aplicado ao final do período de preparação do Batalhão que se deslocará para o Haiti no fim de maio deste ano. Este será o 18º Contingente que seguirá para a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH). O grupo que está sendo preparado na 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, sediada na cidade de Cuiabá.

O Exercício realizado na capital mato-grossense é uma ferramenta que possibilita ao Comandante do BRABAT 18 avaliar o preparo, o adestramento e a eficiência profissional em uma operação de paz e consolidar o espírito de corpo e o sentimento de cumprimento de missão entre os integrantes do contingente. Durante uma semana de intensas atividades, são simuladas situações que poderão ocorrer durante o tempo em que estiverem no Haiti.

A tropa, dentro de sua área de responsabilidade, desenvolveu e participou de diversas atividades sincronizadas conforme uma matriz de eventos. Além das atividades previamente planejadas, foram criadas situações fictícias, essenciais ao exercício, desencadeadas com o auxílio de jornalistas, órgãos de segurança pública, acadêmicos e da própria população local. Dentre varias situações e eventos, destacou-se o relacionamento com organizações não governamentais, organizações internacionais, atividades de cooperação cívico-militar (CIMIC) e relacionamento com líderes locais. Essas situações são imprescindíveis para treinar as diversas células e sistemas operacionais de um Batalhão de Infantaria de Força de Paz, simulando o ambiente operacional mais próximo da realidade na qual a tropa será inserida.

O EAOP é, portanto, a última etapa do preparo desses militares antes de seguirem para a missão.