20 de Março, 2020 - 15:43 ( Brasília )

Pensamento

BR-CN - Morre Sheun Ming Ling, introdutor da soja no Brasil

Sheun Ming Ling, introdutor da soja no Brasil, morre aos 99 anos



Na madrugada de quinta-feira (19MAR2020), morreu aos 99 anos, Sheun Ming Ling. O empresário teve destacada passagem pelo Rio Grande do Sul, onde se notabilizou especialmente pela fundação do Instituto Ling, voltado a fomentar áreas como educação, cultura e saúde.

Enfrentando uma realidade de poucos recursos e sem ter ter completado a educação básica, Ling nasceu na China e mudou-se para o Brasil em 1951. Mesmo assim, ele entrou para o mundo empresarial, sendo fundamental para o início do ciclo da soja para a economia nacional.

Ele desembarcou em Santa Rosa, no noroeste do Estado, em uma época em que as plantações do grão eram praticamente inexistentes no país. Hoje, o município é conhecido como berço do cultivo da soja no Brasil.

A partir de 1955, começou a evolução dos seus negócios, dando origem a um conglomerado industrial. Um dos principais empreendimentos iniciados por Ling, a Évora S.A., atua em 11 países com mais de 3 mil colaboradores.

Em 1995, como forma de retribuição ao país e à cidade que o acolheu, Sheun Ming fundou, com a sua esposa, Lydia Wong Ling, o Instituto Ling, entidade filantrópica que já contemplou 772 pessoas com bolsas de estudo para jovens de destaque.

Outra iniciativa do instituto é a manutenção, em Porto Alegre, de um centro cultural de referência, que fica no bairro Três Figueiras. Recentemente, a instituição também passou a fazer parcerias com hospitais para a ampliação e melhoria da qualidade de atendimento.

Sheun Ming Ling deixa a esposa, Lydia, com quem foi casado por 66 anos, quatro filhos e nove netos. Em um comunicado, seus descendentes afirmam que "seguirão liderando os negócios e ações sociais que ele iniciou, perpetuando a geração de valor e o impacto positivo para seus colaboradores e comunidades".

A família fará uma despedida íntima. Portanto, não foram divulgadas informações a respeito das atividades fúnebres. Em publicação no Instagram, o Instituto Ling publicou uma mensagem sobre seu fundador.
 
Nesta madrugada, aos 99 anos, faleceu Sheun Ming Ling, Fundador e Presidente Emérito do Conselho de Administração da Évora S.A. e patriarca da Família Ling, instituidora e mantenedora do Instituto Ling.

Sheun Ming deixa um legado empresarial, social e familiar que dará continuidade aos valores de confiança, simplicidade e frugalidade, respeito aos indivíduos, transparência, integridade e honestidade que marcaram a sua vida.

Com poucos recursos e sem completar sua educação formal, Sheun Ming migrou junto com a família da China, fugindo do comunismo, para o Brasil em 1951 e, em 1955, começou uma trajetória empresarial que deu início ao ciclo da soja no Brasil (Grupo Olvebra), evoluindo os negócios para um conglomerado industrial. Hoje a Évora S.A., através de três subsidiárias industriais, atua em 11 países com mais de 3000 colaboradores.




Em 1995, como forma de retribuição ao país e à cidade que lhe acolheu, Sheun Ming fundou, com a sua esposa, Lydia Wong Ling, o Instituto Ling, entidade filantrópica que já contemplou 772 pessoas com bolsas de estudo e mantém centro cultural de referência em Porto Alegre.

Seu sucessor é há muitos anos o filho mais velho, William Ling. Outro filho, Winston, que mora em Xangai, tem forte atuação política e é ligado a Bolsonaro.


VEJA MAIS