COBERTURA ESPECIAL - PCC - Gangues - Naval

13 de Fevereiro, 2017 - 11:10 ( Brasília )

Fuzileiros navais fazem revista na Penitenciária Agrícola de Mossoró

Agentes penitenciários e PMs também participam da operação. Ação é a segunda no estado após decreto do presidente Michel Temer.

Fuzileiros navais estão na manhã desta segunda-feira (13) na Penitenciária Agrícola Doutor Mário Negócio, em Mossoró, no Oeste potiguar, para realizar uma revista nas celas da unidade. Agentes penitenciários do Grupo de Operações Especiais (GOE) e PMs também participam da operação.

A ação acontece após uma revista feita na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na última sexta-feira (10). De acordo com a assessoria de imprensa da Marinha do Brasil, não haverá o contato direto dos militares com os detentos, que serão previamente retirados das carceragens por agentes penitenciários e policiais militares.

Ainda segundo a Marinha, os fuzileiros que participam da operação no RN atuaram na segurança da Copa do Mundo, em 2014, e nos Jogos Olímpicos do ano passado, no Rio.

De acordo com o decreto do presidente Michel Temer, as ações liberadas pelas tropas federais visam a "detecção de armas, aparelhos de telefonia móvel, drogas e outros materiais ilícitos ou proibidos".

Operação Varredura

De acordo com a assessoria da Marinha do Brasil, 8 aparelhos de telefone celular foram apreendidos na ação da sexta-feira em Parnamirim. Alés disso, 216 armas brancas, 8 baterias, 11 chips de celulares, 48 suspeitas de narcóticos e outros 425 itens proibidos, como martelo, pinça, cortador de unha, isqueiro, etc.