COBERTURA ESPECIAL - P3BR - Aviação

17 de Agosto, 2016 - 11:10 ( Brasília )

Aeronave de patrulha P-3 AM completa cinco anos de operação no esquadrão Orungan

Os P-3 AM participam de diversas missões, como patrulha marítima e reconhecimento eletrônico

Ten Iris Vasconcellos


O Esquadrão Orungan (1º/7° GAV) celebrou, no início de agosto, os cinco anos de operação da aeronave P-3 AM Orion pela Força Aérea Brasileira (FAB). O avião turboélice de fabricação americana foi modernizado na fábrica da Airbus Military, em Sevilha, na Espanha, e começou a ser entregue à FAB em 2011. Hoje, a instituição conta com uma frota de nove P-3 AM Orion sediados no esquadrão Orungan, em Salvador (BA).

O P-3 AM é utilizado na vigilância e proteção de áreas marítimas e dos recursos naturais da Amazônia Legal e, de modo especial, à região do pré-sal. Além disso, a aeronave apoia as atividades de busca e salvamento no Atlântico Sul sob responsabilidade do Brasil.

O avião possui um dos mais modernos sistemas para identificação por radar e dispõe do mecanismo Forward Looking Infra-Red (FLIR), que complementa as informações dos tráfegos marítimos, fornecendo imagens nítidas e claras mesmo no período noturno. A aeronave permite localizar, identificar e repassar todo o cenário do tráfego marítimo para embarcações da Marinha do Brasil e direcionar a atividade de policiamento para as áreas mais críticas.

As aeronaves são operadas por uma tripulação de até 12 militares e também podem ser empregadas em missões de reconhecimento eletrônico e de guerra antissubimarino, com destaques à participação na Operação Joint Warrior, no Reino Unido em 2013; na Operação Fraterno, na Argentina em 2014, e na Operação Porteira Fechada, em 2015, em apoio à Polícia Federal. Desde 2011 até hoje, o esquadrão também formou novos tripulantes entre militares vindos de várias unidades da FAB.

Cinco anos do P-3 – A comemoração pelos cinco anos da aeronave na FAB foi marcada pela entrega de certificados aos tripulantes que atingiram 250, 500, 750 e 1000 horas de voo no P-3.

O Sargento Tarcisio Silva Souto foi um dos homenageados. “Este reconhecimento do Esquadrão Orungan, por eu ter atingido 1000 horas de voo na aeronave P-3AM, me enche de orgulho e satisfação. Fico muito feliz por poder evoluir profissionalmente e contribuir com a missão da FAB”, ressaltou o graduado que é especialista em comunicações.

Durante a cerimônia, o Tenente-Coronel Aviador Allan Davis Cabral da Costa, Comandante do esquadrão Orungan ressaltou o dia 31 de julho de 2011, data em que a unidade recebeu a primeira aeronave P-3 AM. “Aquele dia foi marcado por momentos de vibração e emoção para os novos e veteranos patrulheiros”, destacou.

O comandante também ressaltou o ganho doutrinário e operacional da aeronave P-3AM para a FAB. “As capacidades da aeronave permitiram, no primeiro momento, a retomada das ações de Antissubmarino na FAB”, afirmou.



Outras coberturas especiais


ESGE

ESGE

Última atualização 21 OUT, 13:00

MAIS LIDAS

P3BR