COBERTURA ESPECIAL - Nuclear - Geopolítica

06 de Janeiro, 2016 - 17:40 ( Brasília )

EUA diz que análise não é consistente com reivindicação norte-coreana de bomba de hidrogênio


A análise inicial do suposto teste nuclear da Coreia do Norte nesta quarta-feira não é consistente com um teste de bomba de hidrogênio bem-sucedido, informou a Casa Branca, mas qualquer teste nuclear deve ser uma "violação escandalosa" das medidas do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas.

"A análise inicial não é consistente com a reivindicação que o regime fez sobre um teste de bomba de hidrogênio bem-sucedido", disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, durante entrevista coletiva.

Ele disse que a Casa Branca está trabalhando para saber mais sobre o suposto teste, e que qualquer teste nuclear da Coreia do Norte é uma "violação provocativa e escandalosa" das medidas do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

ONU condena teste nuclear da Coreia do Norte, considera "profundamente desestabilizador"

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon, condenou nesta quarta-feira o quarto teste nuclear da Coreia do Norte, dizendo que é "extremamente problemático" e "profundamente desestabilizador para a segurança regional".

"Este teste mais uma vez viola diversas resoluções do Conselho de Segurança, apesar de pedidos unificados da comunidade internacional para fim de tais atividades", disse a repórteres. "É mais uma vez uma grave transgressão das normas internacionais contra testes nucleares", disse.

"Eu exijo que a Coreia do Norte cesse qualquer futura atividade nuclear e cumpra suas obrigações de desnuclearização comprovável."

Otan cobra que Coreia do Norte encerre programas de mísseis balísticos e nucleares

A Coreia do Norte precisa encerrar seu programa de armas nucleares, disse o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, nesta quarta-feira, somando a voz da aliança militar liderada pelos Estados Unidos à condenação internacional ao suposto teste de Pyongyang com uma bomba de hidrogênio.

"A Coreia do Norte deve abandonar as armas nucleares e os programas existentes de mísseis balísticos e nucleares de forma completa, verificável e irreversível, e se envolver em conversas de desnuclearização críveis e autênticas", disse Stoltenberg em comunicado.

Conselho de Segurança da ONU promete novas medidas contra Coreia do Norte

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) vai começar a trabalhar imediatamente sobre novas medidas em resposta ao quarto teste nuclear da Coreia do Norte, disse a repórteres o embaixador do Uruguai na ONU, Elbio Rosselli, nesta quarta-feira.

"Os membros do Conselho de Segurança... lembraram que já expressaram anteriormente a determinação de tomar medidas significativas adicionais no caso de haver outro teste nuclear da Coreia do Norte", disse Rosselli, presidente do conselho neste mês.

"Em conformidade com este compromisso e a gravidade desta violação, os membros do Conselho de Segurança irão começar a trabalhar imediatamente em tais medidas em uma nova resolução do Conselho de Segurança", disse, destacando que o teste é "uma clara violação das medidas do Conselho de Segurança".