08 de Agosto, 2014 - 15:19 ( Brasília )

DN - Japão Muda Defesa e pode afetar Brasil / SisGAAz / Por Santa Barbara


 

Edição 19/2014 - 08 Agosto 2014

www.defesanet.com.br

 
O mais importante portal especializado em
Defesa, Estratégia, Inteligência & Segurança
da América Latina

Mundo Corporativo

Sergio Horta – É indicado para assumir a presidência da AEL Sistemas (Grupo Elbit Systems),  com a aposentadoria de Shlomo Erez, prevista para o fim do ano. Horta é oriundo da EMBRAER Defesa & Segurança.

Hervé Guillou - O presidente francês, François Hollande ratificou a proposta do Conselho de Administração da DCNS de nomear Hervé Guillou, como Presidente do Conselho de Administração do Grupo e delegar-lhe as funções de Presidente e CEO.

Bolivariano?  

Em artigo exclusivo, o jornalista Roberto Lopes, analisa um fato curioso. Forças Armadas brasileiras e a Base Industrial de Defesa ignoram desenvolvimentos pioneiros da Índia e da China, restringem cooperação com a Rússia e se afastam da Venezuela  

Militares evitam parceiros prioritários da diplomacia petista Link
 

A Praga Bolivariana

As dificuldades que o empresário German Efromovich (Grupo Synergy), passa na área naval com o Grupo EISA (Estaleiro Ilha SA), tem na origem dois fatos.

O pesado passivo trabalhista do Estaleiro Mauá, adquirido recentemente, e os sonhos Bolivarianos da estatal petroleira da Venezuela, a PDVSA.

Durante o  governo de Hugo Chávez, a estatal petroleira venezuelana PDVSA encomendou um navio e se empolgou com as possibilidades, esticando a encomenda para dez, em valor aproximado de R$ 1 bilhão. Sequer o primeiro navio foi entregue, por falta de pagamento, e isso gerou um forte prejuízo para o estaleiro.

 

Container

O United Nations Office on Drugs and Crime (UNODC), anunciou os resultados recentes do Global Container Control Programme, que opera em 20 países.

Em 2013, o Container Control Programme obteve os seguintes resultados: apreensão de 23 t de cocaína, cerca de 6 t de maconha, 1,2 t de heroína, 60 t de tramadol e 725 kg de marfim.

Em 2012, foram movimentados  cerca de 601,8 milhões equivalentes a container de 20 pés (TEUs). São inspecionados em escala global somente 2% deste movimento.

 

SisGAAz I

A matéria SisGAAz -– Cronograma sofre adiamento de 6 meses, que tornou pública a carta que tinha sido enviado aos candidatos à Main Contractors, sobre o adiamento em seis meses do Programa, serviu para reforçar apreensões nas empresas que objetivam participar dele.

Alguns grupos estão rearranjando-se e outros entrando em um período sabático, esperando por sinalizações do Comando da Marinha do Brasil.

SisGAAz – Cronograma sofre adiamento de 6 meses Link

 

SisGAAz II

Ao contrário de notícias do meio de defesa a empresa OAS Defesa não abandonou o SisGAAz, mas entrou em um período sabático.

OAB - Datafolha - Pesquisa de Opinião

A Pesquisa de Opinião encomendada pelo Conselho Federal da OAB ao Instituto DATAFOLHA, foi liberada na íntegra, no dia 24 de Julho de 2014. A pesquisa apresenta dados interessantes, que merecem uma análise mais aprofundada.

O item Confiança nas Instituições traz a Taxa de Confiança. Aqui as instituições mais confiáveis permanecem com poucas alterações ao longo dos últimos anos:

As Forças Armadas lideram a Confiança da População com 70%.

Íntegra da Pesquisa OAB Datafolha - Pesquisa de Opinião Link

 

Por Santa Bárbara

Com a discrição possível o Exército está preparando a Escola de Fogo da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, que está ocorrendo no Campo de Instrução de Formosa, proximidades de Brasília DF.

No ano passado por ordens expressas da Presidente Dilma Rousseff o evento foi transferido de Formosa, Goiás, para o Campo de Testes da Marambaia,no Rio de Janeiro.

O que mudou em um ano, para o Planalto permitir a Escola de Fogo em Formosa?

Por Santa Bárbara - Presidente proíbe treinamento e ameaça projetos do Exército Link

DN - Santa Barbara Permite e Não Permite / Boeing e LM juntas no Bombardeiro Estratégico Link

 

Japão – Muda Política de Defesa

O atual primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, anunciou (30JUN14) uma resolução, que permitirá ao governo reinterpretar a Constituição em vigor nos últimos 60 anos, que baniu a formação de Forças Armadas e as declarações de guerra por parte do país.

Assim, há embasamento legal para o retorno do poderio militar nipônico que, na prática, já está em andamento.

Em matéria do STRATFOR, com edição de Nicholle Murmel descubra detalhes interessantes e do impacto desta mudança da Política de Defesa do Japão

A iminente (?) renovação militar japonesa - E como o Brasil pode ser afetado Link

Japão – Muda Política de Defesa e o Brasil?

Um impacto não previsto na mudança da Política de Defesa do Japão é que ao liberar a exportação de armamentos poderá por frente à frente empresas japonesas e brasileiras. O primeiro caso é a aeronave de transporte militar C-2, em desenvolvimento pela Kawasaki Heavy Industries  e o brasileiro KC-390, em estágio acelerado de desenvolvimento e produção de protótipos.

A iminente (?) renovação militar japonesa - E como o Brasil pode ser afetado Link

Marcas do DefesaNet no FaceBook e Twitter

DefesaNet supera a marca dos 32.300 curtidas no Facebook e também supera a marca de 5.800 seguidores no Twitter.

Assim, alémde atuar no Portal DefesaNet atuamos decisivamente nas Midias Sociais.

Facebook Fanpage - Agora você pode acompanhar o Defesanet no Facebook com novidades tecnológicas e as principais notícias sempre atualizadas. Imagens, fotos e comentários, você pode fazer parte de tudo isso ativamente.

Curta a nossa Fanpage! Clique aqui

Twitter DefesaNet - Siga as principais notícias do DefesaNet quando publicadas e muitas com fotografias para uma rápida informação do leitor.

Acompanhe DefesaNet no Twitter

Canais DefesaNet
Facebook Fanpage Link
You Tube http://www.youtube.com/defesanet
Twitter http://twitter.com/defesanet

Para receber o DN inscreva-se na página inicial do DefesaNet