20 de Fevereiro, 2013 - 08:37 ( Brasília )

Pela terceira vez consecutiva, um Almirante brasileiro assume a FTM-UNIFIL


Foi realizada, no dia 19 de fevereiro de 2013, na cidade de Beirute, no Líbano, a cerimônia de passagem do cargo de Comandante da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL). Pela terceira vez consecutiva um Almirante brasileiro assumiu o comando da FTM.

A solenidade aconteceu no cais do Porto de Beirute, ao lado da Fragata “Constituição”, da Marinha do Brasil, que é o Navio-Capitânia da FTM-UNIFIL. Na ocasião, o Contra-Almirante Wagner Lopes de Moraes Zamith, que durante um ano esteve no comando da Força-Tarefa Marítima, passou o comando para o Contra-Almirante Joése de Andrade Bandeira Leandro.

O evento contou com a presença de autoridades militares e civis, dentre elas, a do Comandante da Força Interina das Nações Unidas no Líbano, Major General Paolo Serra, da Itália; do Embaixador do Brasil no Líbano, Affonso Emílio de Alencastro Massot; do Comandante da Marinha Libanesa, Almirante Joseph Ghadban; do Comandante de Operações Navais, Almirante-de-Esquadra Gilberto Max Roffé Hirschfeld e do Subchefe de Operações do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Vice-Almirante Luiz Henrique Caroli, que foi o primeiro Almirante brasileiro a comandar a FTM-UNIFIL, no ano de 2011.
 

Após a assunção, o Contra-Almirante Leandro falou de sua expectativa com a missão de paz. ”É um orgulho muito grande poder contribuir, com o nosso país, e ser um braço avançado do nosso poder naval aqui no Líbano. É um motivo de muito orgulho estar à frente do comando Força-Tarefa Marítima da UNIFIL”.

O Contra-Almirante Zamith, emocionado, despediu-se do comando da FTM com o sentimento de missão cumprida. “É difícil à despedida, porque é um tempo muito bom. Tivemos grandes oportunidades de trazer para nosso convívio não só a comunidade brasileira, mas a comunidade libanesa, a comunidade portuguesa, a comunidade alemã, todas elas conhecem essa hospitalidade brasileira e gosta de conviver conosco. Então e uma satisfação é muito emocionante tudo o que nós vivemos aqui no Líbano”. O Almirante foi condecorado, ainda, com a medalha da UNIFIL.

FTM-UNIFIL

Em 1978, a UNIFIL foi criada, pela Organização das Nações Unidas, com o objetivo de manter a estabilidade durante a retirada das tropas israelenses do território libanês, além de trabalhar na garantia da paz internacional. Atualmente, possui um contingente de aproximadamente 13.500 pessoas, entre militares e civis de mais de 30 países, dentre eles o Brasil. A FTM-UNIFIL, estabelecida em 2006, é a primeira Força-Tarefa Marítima, criada para integrar uma Missão de Manutenção de Paz da ONU.