25 de Janeiro, 2013 - 10:12 ( Brasília )

Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano despede-se da Fragata “Liberal”


Após desempenhar a função de navio-capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL) por oito meses, a Fragata “Liberal” despediu-se da Missão de Paz no Líbano, na presença do Comandante da FTM, Contra-Almirante Wagner Lopes de Moraes Zamith, embarcado na Fragata “Constituição”, navio que assume a função de capitânia na missão.

O evento ocorreu no dia 16 de janeiro, quando a Fragata “Liberal” iniciou seu regresso ao Brasil e quando a Fragata “Constituição” suspendeu para sua primeira patrulha na área de operações marítima como navio a serviço da Organização das Nações Unidas.

Durante sua permanência na FTM, a Fragata “Liberal” obteve expressivas marcas: a interrogação de 661 navios na área de operações marítima; a solicitação às autoridades libanesas para a inspeção de 266 navios mercantes; a realização de 120 dias de patrulha, sendo 107 deles no comando das Operações de Interdição Marítima, perfazendo cerca de 20.030 milhas náuticas; além do envio para a avaliação do setor específico da UNIFIL, em Naqoura, dos registros relativos a 532 atividades aéreas detectadas.