27 de Setembro, 2012 - 09:40 ( Brasília )

Marinha do Brasil realiza Operação Fraterno XXX


A Marinha do Brasil realizou, em conjunto com a Armada Argentina, a Operação “Fraterno XXX”, entre os dias 29 de agosto e 11 de setembro, na área marítima compreendida entre Itajaí (SC) e Rio de Janeiro (RJ). O propósito da Operação foi o de aprimorar o nível de adestramento dos meios da Esquadra brasileira e da Armada Argentina, por meio da realização de exercícios de nível básico e avançado, contribuindo para o incremento da interoperalidade entre as duas Marinhas.

A Força Naval brasileira foi comandada pelo Comandante da 2a Divisão da Esquadra (ComDiv-2), Contra-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho,  embarcado na Fragata “União” e a Força Naval argentina, pelo Capitán de Navio Gabriel Oscar Catolino, a bordo da ARA “Gomez Roca”.

Os meios participantes da operação, compondo o Grupo-Tarefa (GT) brasileiro, são as Fragatas “União” (F-45) e “Bosisio” (F-48) e os helicópteros “Super Lynx” (AH-11A) e “Esquilo” (UH-12/13). Compondo o GT argentino, a ARA “Gomez Roca” (P-46). No decorrer da operação houve a participação, em apoio aos exercícios, do Submarino “Tamoio” (S-31), do Navio-Patrulha “Gurupi” (P-47), do Comando do 1º Distrito  Naval,  e  das  Aeronaves P-95 / P-3AM e A-1, da Força Aérea Brasileira.

A Operação Fraterno XXX foi realizada pela primeira vez em 1978, e, ainda hoje, em sua 30ª edição, os dois países realizam exercícios no mar, de caráter estritamente militar, contemplando operações de ataque, antissubmarino, de Esclarecimento e de apoio logístico móvel, incluindo ações de superfície, aérea, de submarinos e de guerra eletrônica e, adicionalmente, foram conduzidas atividades de Patrulha Naval nas proximidades da Bacia Petrolífera de Santos.
          
Entre os dias 29 e 30 de agosto, atracaram na cidade de Itajaí, três Navios de Guerra da Marinha do Brasil e da Armanda Argentina por ocasião da Operação Fraterno.

Estiveram abertas para a visitação pública a Corveta Argentina Gomez Roca e as Fragatas brasileiras União e Bosisio. Cerca de 4.700 pessoas visitaram os navios.

Na ocasião, os integrantes da Operação Fraterno XXX tiveram a oportunidade de conhecer a hospitalidade do povo catarinense e, em especial, a atenção pró-ativa da Sociedade dos Amigos da Marinha em Itajaí. No dia 1º de setembro, o navio capitânia, Fragata União, recebeu a visita do Comandante do 5º Distrito Naval, Vice-Almirante Paulo Cezar de Quadros Küster, que prestigiou a operação com sua presença.