21 de Junho, 2012 - 08:54 ( Brasília )

Coreia do Sul, Japão e EUA iniciam exercícios militares conjuntos


Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos iniciaram nesta quinta-feira seu primeiro exercício naval conjunto em águas próximas à ilha de Jeju, ao sul da península coreana, informaram fontes militares à agência Kyodo.

O exercício pretende lançar uma mensagem dissuasória à Coreia do Norte após a escalada de tensão na região depois de Pyongyang ter lançado em abril um projétil de longo alcance.

As manobras, de dois dias de duração, consistem em simular uma invasão submarina por parte da Coreia do Norte e também operações de detecção e resgate, segundo precisaram fontes do Ministério da Defesa sul-coreano.

É a primeira vez em que as Forças Marítimas de Autodefesa do Japão, que até agora exerciam o papel de observador em manobras conjuntas de Seul e Washington, participam de um exercício com essas características.

O porta-aviões de propulsão nuclear americano "George Washington", com base no porto japonês de Yokosuka, deverá participar dessas simulações.

Após o exercício, o "George Washington" irá transferir-se ao Mar Amarelo, onde participará, entre sábado e segunda-feira, de outro exercício conjunto entre EUA e Coreia do Sul.

Além disso, forças sul-coreanas e americanas produzirão a partir desta sexta-feira seu maior exercício com fogo real até o momento em Pocheon, a 35 km da fronteira norte-coreana, por ocasião do 62º aniversário do início da Guerra da Coreia.

O regime de Pyongyang, por sua vez, acusou os EUA de aumentarem "a tensão militar" na região mediante a realização destas manobras conjuntas na península coreana.