17 de Maio, 2012 - 10:37 ( Brasília )

JOÃO CÂNDIDO - EAS já dispõe do certificado necessário para registro


Publicado Diário de Pernambuco

O Estaleiro Atlântico Sul (EAS), que no próximo dia 25 entrega à Transpetro seu primeiro petroleiro, o navio João Cândido, informou ontem, quarta-feira (16), que já dispõe da documentação necessária para registrar a embarcação junto ao Tribunal Marítimo brasileiro.

Em nota, a empresa informou que o certificado é “emitido pela sociedade classificadora American Bureau of Shipping (ABS), instituição com 150 anos de credibilidade, o que referenda a qualidade técnica do João Cândido e marca a conclusão das inspeções realizadas ao logo da construção da embarcação, que seguiu normas e regulamentos vigentes na indústria naval internacional”.

Depois de muitas idas e vindas, a data foi acordada no dia 2 pelo governador Eduardo Campos e o presidente da subsidiária de transportes da Petrobras, Sérgio Machado.

As provas de mar da embarcação, que duraram oito dias, terminaram em 8 de abril. Segundo a empresa, foram executados todos os testes exigidos e os resultados foram satisfatórios. A bordo estavam cerca de 120 pessoas, entre funcionários do EAS, tripulantes, fiscais da Transpetro, da sociedade classificadora American Bureau of Shipping e dos fornecedores de equipamentos.

O EAS está construindo 22 petroleiros para a Transpetro, ao custo de US$ 3,1 bilhões, mais sete navios-sonda para a Sete Brasil, que tem a Petrobras como acionista (10%). O João Cândido começou a ser construído ainda em setembro de 2008, com o corte das primeiras chapas de aço, e foi lançado ao mar em maio de 2010, com previsão de entrega em agosto daquele ano.