26 de Abril, 2012 - 09:31 ( Brasília )

Estado-Maior da Armada tem novo chefe


Brasília, 25/04/2012 – O almirante-de-esquadra Fernando Eduardo Studart Wiemer assumiu, hoje pela manhã, o cargo de chefe do Estado-Maior da Armada (EMA). A cerimônia foi presidida pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, e contou com a presença do comandante da Marinha, almirante-de-esquadra Julio Soares de Moura Neto.

Wiemer substituiu o almirante-de-esquadra João Afonso Prado Maia de Faria, que estava no cargo desde abril de 2010 e agora vai para a reserva. O almirante substituído agradeceu os seus almirantados pelo clima de lealdade e amizade e pelo trabalho em equipe “que contribuíram para a correta condução do destino da Marinha.”

O almirante Prado Maia salientou também que os rumos de sua carreira foram guiados pela tradição familiar. “Em setembro de 2011, completamos 100 anos ininterruptos em que a Marinha do Brasil tem um Prado Maia em seu perfil ativo.”

Novo chefe

O almirante Wiemer estava à frente do Comando de Operações Navais e da Diretoria-Geral de Navegação, no Rio de Janeiro. Ele já foi comandante da Força de Submarinos, da Escola Naval e do 2º Distrito Naval – localizado em Salvador, na Bahia. O militar tem as condecorações da Ordem do Mérito da Defesa, Mérito Naval, Judiciário Militar, Trompowsky, entre outras.

O novo chefe do EMA disse que tem “a nítida noção da responsabilidade que me é atribuída”. E prosseguiu: “Pretendo conduzir a chefia do Estado-Maior da Armada com a chama do entusiasmo e a dedicação sempre presentes na alma de um marinheiro.”

Wiemer agradeceu ao ministro Celso Amorim e ao comandante da Marinha a ratificação do seu nome, bem como “a excelentíssima senhora presidenta da República Dilma Rousseff pela nomeação para o cargo, o qual muito me honra”. O almirante afirmou que tem plena confiança nos seus subordinados para contar com a ajuda e participação ativa na nova função e ressaltou que assume o cargo “numa década extremamente desafiadora, marcada pelo plano nuclear da Marinha, pelo desenvolvimento de submarinos, além do planejamento e execução do Plano de Articulação e Equipamentos da Marinha do Brasil.”

Estiveram presentes na solenidade os comandantes do Exército, general-de-exército Enzo Martins Peri, e da Aeronáutica, tenente-brigadeiro-do-ar, Juniti Saito; ministros do Superior Tribunal Militar; e demais autoridades civis e militares.

EMA

O Estado-Maior da Armada é o órgão que assessora o comandante da Marinha em suas funções no Conselho Militar de Defesa e no Conselho de Defesa Nacional. São atribuições do chefe do EMA a produção de documentos de alto nível da instituição, a participação na Comissão de Promoções de Oficiais e nos Conselhos de Almirantes; Financeiro e Administrativo; e da Ordem do Mérito Naval.

Cabe ao chefe do Estado-Maior, também, a presidência dos Conselhos do Plano Diretor; de Planejamento e Pessoal; e de Ciência e Tecnologia da Marinha.