23 de Abril, 2012 - 09:39 ( Brasília )

Rússia e China realizam manobras navais para fortalecer laços


Um total de 16 embarcações de guerra chinesas e dois submarinos participam a partir deste domingo e até o dia 27 de abril com outros tantos navios russos de manobras navais conjuntas no Mar Amarelo, informou hoje a agência oficial Xinhua.

Na força naval chinesa que participa dos exercícios militares conjuntos estão cinco destróieres, cinco fragatas e quatro navios dotados com mísseis assim como uma embarcação de apoio e outra equipada com um hospital.

Além disso, participarão também pela parte chinesa 13 aviões e cinco helicópteros.

A embarcação insígnia da Frota do Pacífico da Marinha da Rússia, Varyag, um cruzador com capacidade para lançar mísseis teleguiados de classe slava, participará pela parte russa na simulação de guerra naval entre as forças armadas de ambos países vizinhos.

Segundo disse ao anunciá-las o chefe do Estado-Maior do Exército Popular de Libertação (EPL), Chen Bingde, as manobras têm como objetivo impulsionar a coordenação estratégica e a confiança mútua entre ambas formações militares.

Chen fez as declarações após conversar sobre sua realização com seu colega russo, Nikolai Makarov, afirmou a Xinhua.