11 de Abril, 2012 - 06:56 ( Brasília )

Esquadra está presente na área do Pré-Sal na Operação “ADEREX-I/2012”


De 2 a 12 de abril vem sendo conduzida a Operação “ADEREX-I/2012” na área marítima compreendida entre o Rio de Janeiro (RJ) e Santos (SP). Estão envolvidos meios navais e aeronavais da Esquadra (Fragatas “Niterói”, “Greenhalgh” e “Bosísio”; Navio-Tanque “Almirante Gastão Motta”; Submarino “Tamoio”; e aeronaves AH-11A, UH-13 e UH-14), meios navais do Comando do 1º Distrito Naval (Navio-Patrulha “Guajará”) e meios aéreos da Força Aérea Brasileira (1 P-95, 2 A-29 e 1 P-3AM).

O Grupo-Tarefa 704.1 é comandado pelo Contra-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, Comandante da 2ª Divisão da Esquadra, e tem a missão de conduzir exercícios no mar contemplando operações de ataque, antissubmarino, de esclarecimento, de apoio logístico móvel e especiais, incluindo ações de superfície e guerra eletrônica. Além disso, conduz atividades de Patrulha Naval e ação de presença nas proximidades da Bacia Petrolífera de Santos, a fim de contribuir para a manutenção do nível de adestramento dos meios da Esquadra.

Nos dias 02 e 03 de abril foram realizados os seguintes exercícios: desatracação sob ameaças assimétricas, adestramento de postos de abandono, operações aéreas, homem ao mar, avarias operacionais de máquinas, emprego dos equipamentos de Guerra Eletrônica, reboque, ações coordenadas antissubmarino e apoio de fogo naval.

Dentre os eventos realizados, destaca-se a condução de ações coordenadas antissubmarino, com emprego, pela primeira vez, da aeronave P-3AM da Força Aérea Brasileira em conjunto com a Esquadra, ainda que em caráter de familiarização. Um oficial do Comando da 1ª Divisão da Esquadra embarcou naquela aeronave.

Além disso, outro evento que mereceu atenção foi o exercício de apoio de fogo naval, empregando velocidades e distâncias navio-alvo maiores, conforme os novos procedimentos adotados nos exercícios tipo “GUNEX” atualmente empregados pelas Marinhas da Organização do Tratado do Atlântico Norte.