02 de Março, 2012 - 10:18 ( Brasília )

Comandante da Marinha diz que Brasil está em alerta sobre ação de piratas


Renata Giraldi

Brasília – O comandante da Marinha, almirante de esquadra Júlio Moura Neto, disse hoje (1º) que o aumento da pirataria na região do Oceano Atlântico preocupa o governo do Brasil. Ele informou que a Marinha colabora com forças na Costa Ocidental da África para evitar que a ação dos piratas alcance o Brasil. Moura Neto está na Cidade da Praia, na África do Sul, onde participa como observador das discussões sobre uma série de operações militares no continente.

"É uma preocupação mundial o aumento da pirataria. A pirataria está na Costa Leste da África, mas [observamos que há uma] tendência que isso possa avançar para a Costa Oeste [da África], que envolve o Oceano Atlântico. O Brasil observa isso com muita preocupação. Ainda não chegou à costa brasileira, mas pode vir a chegar. Combatê-la é um desejo nosso", disse o comandante.

“Temos participado como observadores do [fórum] Africa Partnership, cujas operações ocorrem no Golfo da Guiné, mas ainda não enviamos quaisquer meios navais para essa área", acrescentou Moura Neto. A possibilidade, porém, segundo ele, não está afastada.