08 de Novembro, 2011 - 11:09 ( Brasília )

Petrobras fecha contrato para 8 navios e anuncia mais 20


RIO DE JANEIRO - A Petrobras fechará nos próximos dias com o estaleiro Eisa contrato para a construção de oito navios para transporte de produtos de petróleo - a última encomenda da segunda fase do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef 2).

Com o final desta etapa e a entrega do primeiro petroleiro construído no âmbito do programa, prevista para a próxima semana, a estatal deve anunciar em seguida a terceira fase do Promef, com a encomenda de mais 20 navios, afirmou nesta segunda-feira Sérgio Machado, presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras para logística.

Segundo Machado, Petrobras e Eisa chegaram a um consenso sobre o preço dos oito navios e faltam apenas "alguns acertos técnicos" para a conclusão do contrato.

"Já encerramos a fase de negociação comercial", disse ele a jornalistas após participar de evento organizado pela indústria naval, em Niterói, região metropolitana do Rio.

Representantes da indústria naval já tratam o negócio como fechado. "A informação que tive nesta manhã é que os dois fecharam acordo", afirmou o presidente do Sindicato da Indústria de Construção e Reparação Naval (Sinaval), Ariovaldo Rocha.

Com o contrato fechado junto ao Eisa para a construção de oito navios para o transporte de derivados de petróleo, a Petrobras encerra as encomendas de 49 navios previstos nas duas fases do Promef.

Localizado no Rio de Janeiro, o estaleiro Eisa, do grupo Synergy, poderá dividir a encomenda com o estaleiro Mauá, do mesmo grupo, localizado em Niterói, disseram os presidentes da Transpetro e do Mauá, Manoel Ribeiro.

Os primeiros 41 navios encomendados demandaram investimentos de 9,6 bilhões de reais e estão sendo feitos nos estaleiros Atlântico Sul (EAS), Promar, Mauá, Superpesa e o mesmo Eisa. Onze navios estão sendo construídos no Rio de Janeiro e outros 30 em Pernambuco pelos estaleiros Atlântico Sul e Promar.

O programa de construção naval da Transpetro é um dos principais projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

A terceira fase do programa naval está incluída no plano de negócios da Petrobras para os próximos cinco anos, disse Sérgio Machado. Segundo ele, o Promef 3 deve ser lançado entre o final deste ano e o início de 2012.

Mas antes de lançar mais uma etapa do Promef, o presidente da estatal espera a conclusão e entrega definitiva das primeiras embarcações. O navio Celso Furtado, segundo ele, concluiu testes neste domingo e deve entrar em operação na próxima semana. Em seguida deve ficar pronto o navio João Cândido, construído em Pernambuco.