31 de Outubro, 2016 - 11:05 ( Brasília )

Corveta “Jaceguai” retorna ao mar


A Corveta “Jaceguai”, conhecida como “Gato Preto da Esquadra”, desatracou do Cais Sul do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), no dia 5 de outubro, para experiência de máquinas nos arredores da Ilha Rasa e fundeio operativo nas proximidades da Escola Naval.

A comissão marca o retorno do navio ao mar após um período de reparo, que teve duração de cinco anos e dois meses. O resultado positivo alcançado consagra o trabalho da tripulação e de todas as organizações militares envolvidas na manutenção, em especial, o AMRJ, o Centro de Manutenção de Sistemas da Marinha, o Centro de Apoio a Sistemas Operativos e o Instituto de Pesquisas da Marinha.

Durante esse período, a “Jaceguai” realizou verificações de sistemas, além de adestramentos para o pessoal que guarnece as estações manobra, convés, máquinas e controle de avarias, visando o retorno do meio à vida operativa nas diversas comissões da Esquadra. A experiência de máquinas transcorreu no período de 5 a 7 de outubro e foi considerada satisfatória.

 

A Cv Jaceguai (V-31) é uma corveta da Classe Inhaúma, da Marinha do Brasil.

Segunda embarcação de sua Classe a ser construída no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), foi originalmente batizada como Almirante Jaceguai, em homenagem ao Almirante Artur Silveira da Mota, o Barão de Jaceguai, herói da Guerra da Tríplice Aliança, a quem foi posteriormente atribuído o comando da Esquadra de Evoluções.

Autorizada em Novembro de 1981, o contrato para a sua construção foi assinado em 15 de Fevereiro de 1982. A sua quilha foi batida a 15 de Outubro de 1984, em cerimônia presidida pelo então Ministro da Marinha, Almirante-de-Esquadra Alfredo Karam. Foi finalmente lançada e batizada a 8 de Junho de 1987, em cerimônia presidida pelo então Ministro da Marinha, Almirante-de-Esquadra Henrique Sabóia, tendo como madrinha a Sra. Ruth Lair Rist Rademaker. Tendo realizado as provas de mar, foi submetida a Mostra de Armamento e incorporada a 2 de Abril de 1991.