03 de Março, 2016 - 11:10 ( Brasília )

Navio Patrulha Oceânico “Araguari” dá início à missão na África


Na manhã do dia 24 de fevereiro, suspendeu da Base Naval de Natal, o Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Araguari”, conhecido como o “Cão de Guarda da Amazônia Azul”, para representar a Marinha do Brasil na “OBANGAME EXPRESS 2016”, que conta, também, com a participação de meios da Alemanha, Bélgica, Reino Unido, Dinamarca, França, Noruega, Holanda, Estados Unidos e Portugal.

O Brasil, em conjunto com estas nações, tem a importante missão de realizar ação de presença e estreitamento de laços de amizade com os países visitados e promover a interoperabilidade e a proficiência regional marítima das partes interessadas, no Golfo da Guiné, por meio de visita operativa aos portos de Georgetown, São Tomé e Príncipe, Luanda, Jamestown. O objetivo é incrementar a segurança marítima, visando conter a pirataria e atividades ilícitas na região, além de participar no exercício “OBANGAME EXPRESS 2016”. A comissão encerrará em abril deste ano.

Navio-Patrulha Oceânico "Apa" realiza EVAM em navio mercante

Em 23 de fevereiro, o NPaOc “Apa” foi acionado para cumprir SAR no navio mercante MV “SHIOSAI”, que estava com um dos seus tripulantes, Bryan Jay Gulmatico, de nacionalidade filipina, 25 anos, com febre muito alta de causas desconhecidas.

“Estávamos a cerca de 800Km de distância do navio mercante MV “SHIOSAI” e assim que fomos acionados para o socorro, imediatamente alteramos nosso rumo, colocando máxima velocidade para interceptar o navio mercante e realizar a evacuação aeromédica do tripulante enfermo. É importante ressaltar que o socorro no mar é uma atribuição da Marinha do Brasil em nossas águas jurisdicionais e no Alto-mar; e mais uma vez, a nossa Força mostrou-se pronta para salvaguardar a vida humana no mar.”, explicou o Capitão de Corveta Fabio Roberto Bocca Santos, Comandante do “Apa”.

Em virtude da falta de informações mais detalhadas sobre as condições de saúde do tripulante, que possibilitasse um diagnóstico mais específico, o médico de bordo embarcou na aeronave UH-12 7082 para a realização da Evacuação Aeromédica, no amanhecer desta quarta-feira (24).

“Estamos sempre em alerta e preparados para esse tipo de situação. Nosso primeiro combate foi estabilizar a saúde do tripulante. Agora, nosso objetivo é fazermos a evacuação da forma mais rápida e segura possível”, afirmou o tenente Bruno Jahara, médico do “Apa”.