22 de Janeiro, 2016 - 11:25 ( Brasília )

Exercícios de abandono dão continuidade à “Operação ASPIRANTEX 2016”


Mesmo com o dia nublado e alguns momentos de chuva, os Aspirantes da Escola Naval puderam continuar os exercícios da “Operação ASPIRANTEX”. No segundo dia de atividades, os alunos participaram de exercícios de abandono; demonstração de métodos de infiltração; e lançamento e recolhimento de Carros Lagarta Anfíbio.

“Fizemos o exercício de abandono na Baía de Guanabara, perto do cais, mas nada se compara ao treinamento prático no meio do mar como fizemos aqui. Vimos como são posicionados os equipamentos dentro da balsa e simulamos nado coletivo, em caso de feridos. Aqui tudo fica mais próximo da realidade”, afirmou o Aspirante do 2º ano, Paulo Gomes.

Durante a parte da tarde, foram realizadas demonstrações de abordagem por Destacamento de Mergulhadores de Combate, utilizando o método Fast Rope, a bordo do Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Almirante Saboia”, e por lancha, tipo “Hurricane”, a bordo do NDCC “Garcia D’Avila”, além do lançamento de mergulhadores por aeronave em movimento a baixa altitude.

Cerca de 84 Aspirantes tiveram, também, a oportunidade de serem lançados ao mar a bordo de Carro Lagarta Anfíbio do Corpo de Fuzileiros Navais.

A operação, que segue até o dia 28 de janeiro, está pautada nos termos de segurança exigidos para cada exercício e busca mostrar para os alunos situações próximas das encontradas em combates.