05 de Agosto, 2015 - 13:00 ( Brasília )

MD coordena exercício de Operações de Paz


O Ministério da Defesa, por meio da Marinha do Brasil e do Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil, realizou o Exercício Avançado de Operações de Paz (EAOP) na Corveta “Barroso” (V-34).

O navio irá assumir, em setembro deste ano, como nau-capitânea da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL). O adestramento aconteceu no litoral do Rio de Janeiro no período de 27 a 31 de julho.

O contingente brasileiro tem como tarefa apoiar a Força Naval do Líbano no patrulhamento e no monitoramento de suas águas jurisdicionais, com o objetivo de evitar a entrada ilegal de armamentos e outros materiais ilícitos no País. Além disso, os militares brasileiros também contribuem para o adestramento da Marinha libanesa capacitando-a para realizar de forma independente as ações relacionadas à segurança marítima de suas águas.

O exercício contou com cerca de 160 militares, incluindo a tripulação da Corveta, o Destacamento Aéreo Embarcado (DAE) para um helicóptero Super Lynx, o Destacamento do Corpo de Fuzileiros Navais e representantes do Ministério da Defesa do Centro de Adestramento Marques de Leão (CAAML) e do CCOPAB.

Este será o 10° Contingente Brasileiro no Líbano, onde o Brasil lidera a FTM-UNIFIL desde fevereiro de 2011.