11 de Abril, 2015 - 10:20 ( Brasília )

Diretor-Geral do Material assina Ajuste Técnico de Modernização do Navio-Aerodrómo “São Paulo”


O Ajuste Técnico relativo à preparação de Modernização do Navio-Aerodrómo (NAe) “São Paulo”, foi assinado pelo do Diretor-Geral do Material da Marinha (DGMM), Almirante-de-Esquadra Luiz Guilherme Sá de Gusmão, representando o Ministro da Defesa do Brasil, e pelo Diretor Geral para o Armamento (DGA), Laurent Collet-Billon, representando o Ministro da Defesa da França, em Paris, no dia 27 de março.

Essa parceria bilateral visa, dentre outros, o auxílio na elaboração do projeto de concepção e no estudo de exequibilidade para modernização do NAe “São Paulo”, especialmente nos sistemas de geração e distribuição de energia; propulsão diesel-elétrico;  geração de vapor para as catapultas; e no arranjo geral.

A futura Modernização do NAe “São Paulo, visa além da extensão da vida útil desse Meio, a manutenção do conhecimento na operação da aviação embarcada, principalmente a de asa fixa, sendo empregado como núcleo das Forças Navais, constituindo-se no principal Meio para a execução da Tarefa de Controle de Área Marítima.

Comandante da Marinha de Israel visita unidades de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil

O Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante (FN) Washington Gomes da Luz Filho, recepcionou o Comandante da Marinha de Israel, Vice-Almirante Ram Rutberg, e sua comitiva na Divisão Anfíbia, em 25 de março. O grupo foi acompanhado pelo Comandante-em-Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Liseo Zampronio.
                                                                                                                                                                                                      

Na ocasião, os visitantes assistiram à palestra sobre o histórico do Corpo de Fuzileiros Navais, a organização e os meios da Força de Fuzileiros da Esquadra. A seguir, no posto de observação do 1º Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais (BtlInfFuzNav), visualizaram a demonstração de um Assalto Anfíbio e de uma Operação de Junção. O evento seguinte, na pista de combate do 2ºBtlInfFuzNav, houve uma demonstração do resgate do piloto de uma aeronave abatida em território hostil.

No mostruário, no Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais, os visitantes conheceram o acervo material da Força de Fuzileiros da Esquadra. A visita foi encerrada com o desfile de uma Unidade Anfíbia, com seus militares, sistemas de armas, equipamentos e viaturas componentes.