15 de Dezembro, 2014 - 16:00 ( Brasília )

Marinha do Brasil promove Cerimônia de Substituição da Bandeira Nacional e celebra o Dia do Marinheiro


A Marinha do Brasil realizou a Cerimônia de Substituição da Bandeira Nacional da Praça dos Três Poderes, no dia 7 de dezembro, em Brasília (DF). O evento, que acontece todos os meses em sistema de rodízio entre as Forças Armadas e o Governo do Distrito Federal, prestou homenagem ao Dia do Marinheiro, comemorado em 13 de dezembro.

A Cerimônia de Troca da Bandeira foi instituída pela Lei Federal 5.700, de 1º de setembro de 1971, cujo texto determina que a Bandeira Nacional esteja permanentemente no topo do mastro especial da Praça dos Três Poderes "como símbolo perene da pátria e sob a guarda do povo brasileiro".

A solenidade, presidida pelo Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, contou com a participação especial da Terceiro-Sargento (FN-MU) Gizelle do Carmo Rebouças Dias, componente da Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais, cantando o Hino à Bandeira.

Ao final do evento, o Pelotão de Ordem Unida Silenciosa do Corpo de Fuzileiros Navais realizou uma apresentação para o público presente. Os 30 integrantes do quadro da Companhia de Polícia do Batalhão Naval, sediada no Rio de Janeiro, representou a disciplina de todos os Fuzileiros Navais. Fundamentado na confiança mútua e no espírito de corpo, o trabalho em equipe é uma característica essencial dos Combatentes Anfíbios.

Com o intuito de resgatar a tradição de culto à bandeira, estimular o sentimento de patriotismo e fomentar a mentalidade cívico-militar, a Marinha organizou uma área reservada para cerca de 300 crianças convidadas, entre elas alunos de escolas públicas do Distrito Federal, grupos de escoteiros, moradores de abrigo infantil e músicos mirins integrantes do Programa Forças no Esporte, coordenado pelo Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília.