25 de Junho, 2014 - 10:00 ( Brasília )

Comandante da FTM-UNIFIL preside cerimônia de substituição de navios de Bangladesh


No dia 13 de junho, o Comandante da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL) presidiu a cerimônia alusiva à substituição dos Navios de Bangladesh.

Após pouco mais de quatro anos na Área de Operações Marítima (AMO), uma média de 230 dias de mar por ano e 1.800 interrogações de navios por ano, despediram-se os navios BNS OSMAN e BNS MADHUMATI em cerimônia realizada no Porto de Beirute. Chegam para substituí-los os navios BNS ALI HAIDER e BNS NIRMUL, respectivamente.

Estiveram presentes à cerimônia o Embaixador de Bangladesh no Líbano, Gausul Azam Sarker, o Comandante da Marinha do Líbano, Contra-Almirante Nazih Al Jbeily e o Contra-Almirante Aurangzeb Chowdhury – Subchefe de Operações da Marinha de Bangladesh.

A FTM - CGT 448 - é composta pelos GTs 448.01, 448.02 e o 448.03. O primeiro é formado pelos dois navios de Bangladesh, um da Marinha da Turquia e um da Marinha da Indonésia. A Fragata “Liberal” compõe o GT 448.02. Dois navios da Marinha da Alemanha e um da Marinha da Grécia o terceiro GT. Atualmente oito navios integram os meios da FTM UNIFIL.

Cerimônia alusiva à Batalha Naval do Riachuelo no mar

No dia 11 de junho, o Comandante da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL) presidiu, a bordo da Fragata “Liberal”, Navio Capitânia da Força, a cerimônia alusiva à Batalha Naval do Riachuelo e imposição de medalhas.

Destaca-se o Suboficial Jorge Roberto Ferreira Neves, que foi agraciado com a Medalha da Ordem do Mérito Naval – grau Cavaleiro. Também foram agraciados militares componentes do Estado-Maior e tripulação do Navio.

Ao final da cerimônia foi realizado cerimonial à bandeira com o canto do hino nacional. A imposição das Medalhas é o reconhecimento da Marinha do Brasil aos bons serviços prestados e ao esforço individual de cada militar agraciado.