18 de Junho, 2014 - 17:38 ( Brasília )

DiCaprio - Doação de U$ 7 Mi para Our Ocean


Nota DefesaNet

É importante ler a matéria

EUA ampliarão uma área do Oceano Pacífico fechada para pesca e exploração de energia Link

O Editor


Depois de aproveitar uma temporada no Brasil, Leonardo DiCaprio voltou para os Estados Unidos e retomou sua agenda de compromissos. O astro participou nesta terça-feira (17) de uma conferência a favor da sustentabilidade, intitulada "Our ocean", na capital Washington DC, Estados Unidos, e doou aproximadamente R$15 milhões em prol da proteção dos oceanos e vida marinha. O ator foi recebido no palco pelo secretário de Estado John Kerry e anunciou a doação milionária durante o evento.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, participou do evento via conferência. O artista, que é engajado em vários projetos a favor do meio ambiente, abordou temas como pesca sustentável e poluição dos mares e oceanos, ressaltando que a atenção para a vida marinha deve ser maior.

"Se não fizermos alguma coisa para salvar o oceano agora, não serão apenas os tubarões e os golfinhos que sofrerão, serão nossos filhos e netos. Estou aqui como um cidadão preocupado deste planeta que acredita que esta questão é a mais importante de nosso tempo. Hoje estou aqui para doar ainda mais recursos da minha fundação para esta causa. Estou prometendo US$ 7 milhões para projetos de conservação do oceano ao longo dos próximos dois anos", informou Leonardo, que disse sempre ter sido fascinado pelo meio ambiente.

"Estamos sugando o oceano e seus recursos vitais. Só porque não podemos ver a devastação marinha, observando da terra firme, não significa que é menos perigoso. Isso precisa parar. O que restou da vida marinha está sendo destruído porque não existe o devido esforço ou cooperação suficiente dos governos para protegê-lo", completou o artista.

DiCaprio esteve no Brasil na última semana para assistir a abertura da Copa do Mundo, na Arena Corinthians, em São Paulo. Ele ficou hospedado no iate Topaz, do sheik árabe Mansour Bin Al Nahy, avaliado em 400 milhões de euros, e em sua passagem pelo Rio de Janeiro aproveitou para visitar Búzios, na Região dos Lagos do estado, onde fez compras e deu uma festa particular