17 de Junho, 2014 - 11:05 ( Brasília )

Primeiras operações com navios no Cais da Marinha do Brasil em Santos (SP)


No dia 8 de maio, no Porto de Santos (SP), o Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) “Amazonas” realizou a primeira atracação no novo Cais da Marinha, que se encontrava em fase de testes operacionais.

O Cais faz parte do investimento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Copa) do Governo Federal, cujo projeto é a construção e adequação do alinhamento do Cais de Outeirinhos, que aumentará dos atuais 630 para 1.320 metros de extensão. As obras foram divididas em 7 segmentos, dos quais o 1º e o 2º, situam-se no Cais da Marinha, com extensão de 425 metros, já concluídos. A obra tem como finalidade atender as operações portuárias de passageiros ou cargas, e os navios da Marinha, em consonância com padrões internacionais.

A fase da obra já concluída permitirá a atracação simultânea do Navio Aeródromo “São Paulo” (A-12), de 265 metros de comprimento, e dois navios-patrulha, classe “Macaé”, de 54,2 metros. Ademais, o cais possui as seguintes facilidades: profundidade de 12 metros, tomadas de energia de 440V-60 Hz, tomadas para abastecimento de água e iluminação pública.

No dia 7 de junho, o Navio de passageiros MSC “Divina”, da Empresa Mediterranean Shipping Company S.A., atracou no Cais, em continuidade aos testes operacionais, abrindo a temporada de cruzeiros da Copa do Mundo 2014 na Baixada Santista.