03 de Março, 2014 - 19:54 ( Brasília )

Sala de Memória Tenente Maximiano é reinaugurada pelo Comando do 6° Distrito Naval


A Marinha do Brasil, por meio do Comando do 6° Distrito Naval (Com6ºDN), sediado em Ladário (MS), realizou, no dia 21 de fevereiro, a cerimônia de reinauguração da Sala de Memória Tenente Maximiano, em homenagem aos 121 anos do militar.

O Tenente Maximiano serviu à Marinha do Brasil por 36 anos e oito meses e participou da 1ª Guerra Mundial, a bordo do Encouraçado "São Paulo", e da 2ª Guerra Mundial, a bordo do Monitor "Parnaíba". O militar faleceu em 25 de abril de 2006, aos 113 anos, na cidade de Ladário, onde morava e teve quatro filhos.

A reinauguração contou com a participação dos filhos do homenageado, Sr. Platão Capurro dos Santos, de 83 anos, e Sra. Azilina dos Santos Sabatel, de 82 anos, além de outros familiares, militares e civis.

Para o Comandante do 6° Distrito Naval, Contra-Almirante Edervaldo Teixeira de Abreu Filho, o Tenente Maximiano preparou a Marinha para as gerações futuras: “Ele foi uma figura ímpar, um exemplo para todos de amor à Marinha e a pátria”.

O Sr. Platão falou emocionado da homenagem a seu pai: “Estamos muito felizes com a cerimônia que a Marinha realizou. A emoção de ter um pai herói não tem limites, não tem explicação. Os atos de bravura ficam para a história”.

Ao final, o Almirante Edervaldo, o Sr. Platão e a Sra. Azilina descerraram a fita de reinauguração da Sala de Memória.