11 de Dezembro, 2013 - 12:28 ( Brasília )

Força Naval tem novos guardas-marinha


Depois de quatro anos de estudos, 191 alunos da Escola Naval foram alçados ao posto de guardas-marinha. Em formatura realizada no Rio de Janeiro, os jovens da turma “almirante Sylvio de Camargo” concluíram mais uma etapa profissional e seguem, agora, para a viagem de instrução a bordo do navio-escola Brasil. Após a jornada marítima, iniciarão a carreira. Do total, 127 optaram pela Armada, 33 pelos Fuzileiros Navais e 31 pela Intendência.

Na solenidade realizada no último sábado (07), o ingresso de mulheres na Escola, já no próximo ano, foi destaque nos discursos realizados pelas autoridades. A primeira turma feminina, ao término da formação, servirá na Intendência da Marinha.

Em mensagem lida em seu nome, a presidenta da República, Dilma Rousseff, destacou que os novos oficiais têm a missão de levar ajuda às populações ribeirinhas do país, e, também, a de apoiar a atuação da Marinha no exterior, nas missões no Haiti e no Líbano.

Já o ministro da Defesa, Celso Amorim, afirmou que os ex-alunos “estarão encarregados de desenvolver soluções pacíficas para defender as águas de novas ameaças que venham a surgir, como contrabando marítimo e pirataria”.

Para o comandante da Força Naval, almirante Julio Soares de Moura Neto, os jovens marinheiros “representam a renovação da nossa instituição, que protege a Amazônia Azul e as águas jurisdicionais brasileiras”.

A formatura, presidida pelo ministro Amorim, teve início com a entrada dos formandos, em fila indiana. Eles iam depositando, um a um, seus espadins sobre a mesa no pátio da cerimônia.

Depois, foi a vez dos familiares trocarem as platinas do uniforme dos novos oficiais. Enquanto os pais e amigos cumprimentavam os guardas-marinha, duas aeronaves AF-1 sobrevoavam os céus da Escola, saudando os presentes.

Em seguida, foi feita a entrega da espada aos melhores classificados na instituição de ensino, de acordo com a especialidade escolhida. Primeiro lugar geral, Filipe Moreira Brandão Guedes de Brito, da Armada, foi agraciado por Amorim com a Honra ao Mérito do Ministério da Defesa. Também foram homenageados Igor Cabral Alves, dos Fuzileiros Navais, e Vinícius Perón Fineto, da Intendência. Os demais formandos receberam as espadas de almirantes paraninfos.

Além de Celso Amorim e do almirante Moura Neto, estiveram presentes ao evento os comandantes do Exército, general Enzo Martins Peri; da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito; e da Escola Naval, almirante Antonio Carlos Soares Guerreiro.