04 de Dezembro, 2013 - 19:24 ( Brasília )

Operação “UNITAS-54” Fragata “Rademaker” retorna ao porto sede


Após dois meses de comissão, no dia 21 de outubro, a Fragata “Rademaker” (F-49) suspendeu do cais do porto de Mucuripe, Fortaleza (CE), prosseguindo com os exercícios programados no seu regresso ao porto sede, no Rio de Janeiro, cuja atracação foi em 26 de outubro.
 
Ao chegar em Fortaleza, o Navio foi recepcionado pela Banda da Escola de Aprendizes-Marinheiros do Ceará (EAMCE), sendo uma atração a parte para os seis pescadores que se encontravam a bordo, após terem sido resgatados do Barco Pesqueiro “Força Maior VI”, durante a travessia San Juan (PR) para Fortaleza.
 
O resgate ocorreu por volta das 19 horas de 14 de outubro, cerca de cem milhas náuticas a nordeste de Salinópolis (PA), após a Fragata “Rademaker” receber o pedido de socorro pela frequência usada permanentemente nos navios (canal 16 VHF).
 
No dia 17 de outubro, dia da atracação, já refeitos do susto e das dificuldades por que passaram em alto mar, os pescadores puderam regressar aos seus lares. Para eles, o dia foi marcado pela expectativa da volta ao convívio de suas famílias e pelas entrevistas que concederam à imprensa, local e nacional, que deu cobertura ao acontecido.
 
Durante a estadia no porto, nos dias 19 e 20 de outubro, o navio foi aberto à visitação pública, recebendo 2.939 pessoas. Destaca-se a presença de dois cadeirantes, que desfrutaram a alegria de estar a bordo de um navio da Marinha do Brasil. Por ocasião do pôr do sol, os visitantes tiveram a oportunidade de participar, com orgulho, do Cerimonial à Bandeira Nacional.