08 de Novembro, 2013 - 10:53 ( Brasília )

Marinha participa da entrega do Prêmio Almirante Álvaro Alberto, em Brasília


Em 23 de outubro, no auditório do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em Brasília (DF), foi realizada a cerimônia de entrega do Prêmio Almirante Álvaro Alberto.
 
O Prêmio Nacional de Ciência e Tecnologia foi instituído pelo Decreto nº 85.880, de 8 de abril de 1981, por ocasião das comemorações do 30º aniversário do CNPq, e alterado pelo Decreto nº 92.348, de 29 de janeiro de 1986, quando passou a ser denominado Prêmio Almirante Álvaro Alberto para a Ciência e Tecnologia, sendo restaurado pelo Decreto 5.924, de 4 de outubro de 2006. O prêmio constitui-se como reconhecimento e estímulo a pesquisadores e cientistas brasileiros que tenham prestado relevante contribuição à ciência e à tecnologia do País.
 
Essa premiação é uma iniciativa conjunta entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o CNPq, a Marinha do Brasil e a Fundação Conrado Wessel (FCW). A grande área do conhecimento contemplada na edição 2012 foi “Ciências Exatas, da Terra e Engenharias”.  Este ano, o homenageado desta área foi o Prof. Dr. Edgar Dutra Zanotto, Engenheiro de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Mestre em Física pela USP São Carlos e PhD em Tecnologia de Vidros na Universidade de Sheffield, Inglaterra.
 
A cerimônia de entrega contou com diversas presenças ilustres, como a do Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Sr. Marco Antonio Raupp; do Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares De Moura Neto; do Secretário de Ciência Tecnologia e Inovação da Marinha, Almirante-de-Esquadra Wilson Barbosa Guerra; do Presidente do CNPq, Prof. Dr. Glaucius Oliva; do Superintendente da FCW, Prof. Dr. José Caricati; do Presidente da Academia Brasileira de Ciências, Prof. Dr. Jacob Palis Junior, dentre outras autoridades.
 
Sobre a importância da honraria, o Prof. Zanotto declarou que existem várias formas para definí-la, mas acredita que a melhor delas é observar a qualificação dos profissionais julgadores e das pessoas anteriormente homenageadas com a congratulação. Ao final, ele enfatizou: "Eu considero este prêmio o mais importante que já recebi e acredito que, provavelmente, não haverá outro de tamanha relevância".
 
Ao final, o Ministro da CT&I ressaltou: “É um pesquisador atualizado com as necessidades da ciência nacional”.
 
O agraciado, também, recebeu um diploma e uma medalha do CNPq; uma quantia de R$ 200 mil, concedida pela FCW; e o convite para realizar uma visita ao Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP), a fim de conhecer o Programa Nuclear da Marinha.