02 de Outubro, 2013 - 17:47 ( Brasília )

Ministro da Defesa presencia ações da Operação “Felino 2013”


O Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim, visitou, no dia 26 de setembro, a área de exercícios da Operação “Felino 2013”, que aconteceu entre os dias 16 e 27 de setembro, no Espírito Santo. A operação é uma forma de utilizar a defesa como instrumento de cooperação entre os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em missões de paz.
 
Ao chegar, o Ministro conheceu as instalações da Área de Apoio Administrativo em Itaoca (ES), onde se encontra a Direção do Exercício (DIREX), responsável pelo planejamento, controle e avaliação dos exercícios. Visitou a área administrativa, de alimentação, de alojamentos, de equipes e instalações médicas e de saúde, além da Base “Felina”, que abriga os militares que comporão o novo contingente de fuzileiros navais no Haiti. Em seguida, presenciou uma projeção anfíbia, com o desembarque dos fuzileiros navais transportados pelos Carros Lagarta Anfíbio (CLAnf), na praia de Itaoca. “O Brasil já está na missão de paz no Haiti, há bastante tempo, e, também, no Líbano. Com essa operação, aumentamos a nossa cooperação com países de quase todas as regiões do mundo”, disse o Ministro Celso Amorim.
 
Chefes dos Estados-Maiores das delegações dos países participantes da CPLP acompanham atividades
 
Uma explosão deixa em alerta os militares da Companhia de Polícia da Marinha, e, junto com seus cães farejadores, iniciam uma investigação para averiguar o ocorrido. Com suspeitas de que seja uma arma química, o grupo aciona a equipe de reconhecimento e identificação, que confirma que a explosão foi de uma bomba suja. A explosão faz uma vítima, que foi resgatada pelo Pelotão de Defesa Química,  Biológica,  Radiológica e Nuclear - QBRN. Esse foi um dos exercícios simulados, durante a visita dos chefes das delegações dos países da CPLP.  O Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas,  General José Carlos De Nardi, também acompanhou as atividades. Uma simulação de controle de distúrbios civis,  com o máximo de realismo,  também foi apresentada às autoridades.
 
Além de exercícios, Ações Cívico-Sociais (ACISO) também foram realizadas na região. Quarenta militares que se preparam para integrar o contingente da missão de paz no Haiti passaram quatro dias reformando uma escola pública da região. Os alunos tiveram um dia de atividades educativas,  com apresentações teatrais sobre higiene bucal.  As famílias dos alunos também receberam cestas básicas dos militares.
 
Operação Felino
A “Felino” é coordenada pelo Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Ministério da Defesa, e, este ano, foi planejada e executada pela Marinha do Brasil. Durante duas semanas, uma série de situações simuladas foi apresentada para o treinamento do pessoal envolvido, com o intuito de preparar as Forças Armadas participantes da CPLP, para um eventual emprego em operações de paz e assistência humanitária, sob a égide da Organização das Nações Unidas.