02 de Outubro, 2013 - 17:14 ( Brasília )

Formatura do Curso de Formação de Piloto Militar para Oficiais da Marinha do Brasil, na Academia da Força Aérea


No dia 21 de agosto, ocorreu a formatura de quatro Oficiais-Alunos do Curso de Formação de Piloto Militar para Oficiais da Marinha do Brasil, na Academia da Força Aérea (AFA), primeira parte do Curso de Aperfeiçoamento de Aviação para Oficiais (CAAVO), para habilitação dos pilotos de aeronaves de asa fixa.
 
A cerimônia contou com a presença do Comandante da Força Aeronaval (COMFORAERNAV), Contra-Almirante Carlos Alberto Matias, e do Comandante da AFA, Brigadeiro-do-Ar Carlos Eduardo da Costa Almeida, com a presença de familiares e autoridades em formatura geral do Corpo de Cadetes.
 
Com duração de 16 meses, o curso consiste de duas fases: o Estágio Primário de Aviação (EPAV) na aeronave T-25 “Universal”, seguido do Estágio Básico de Asa Fixa (EBAF) em aeronave T-27 “Tucano”.
 
A próxima etapa do CAAVO será a realização de Cursos na Marinha dos Estados Unidos da América, sendo o “T-45C Total System” para os futuros pilotos de jatos AF-1 (Esquadrão VF-1) ou o “T45TS-E2C2 Pipeline” para os pilotos dos aviões de Transporte e Reabastecimento em Voo KC-1 “Turbo Trader” (do futuro Esquadrão VEC-1).
 
Em seu discurso, o COMFORAERNAV ressaltou a qualidade do Curso na AFA e a importante colaboração da Força Aérea Brasileira na formação dos Aviadores Navais. Destacou, também, que os próximos cursos nos EUA habilitarão os novos pilotos ao pleno emprego operativo a partir dos conveses dos Porta-Aviões, levando-os a descobrir o verdadeiro significado do binômio Navio-Aeronave, razão de ser da Aviação Naval.