28 de Setembro, 2013 - 08:59 ( Brasília )

Marinha explora a Comunicação Social Operativa na Operação “UNITAS 54-2013”


A facilidade de comunicação e o amplo acesso à informação vêm alterando as relações entre a sociedade, o Governo e as Forças Armadas. A transmissão imediata (on line) dos acontecimentos tem influenciado decisivamente o destino dos conflitos. No planejamento e execução de uma operação militar, tornou-se imperiosa a atividade de Comunicação Social Operativa, pois ela funciona como um poder fortalecedor de combate dos militares, favorecendo a posição da Força perante a opinião pública.

Nesse contexto, a Marinha do Brasil empregou a Comunicação Social Operativa na Operação “UNITAS 54-2013”. Durante a fase de exercícios foram divulgadas matérias com o objetivo de esclarecer corretamente a população e os órgãos de imprensa, nacionais e internacionais, sobre a missão.

Essa ação serviu para divulgar adequadamente as operações em curso e seus êxitos, elevar o moral das tripulações, efetuar o controle da mídia dentro da área de exercício e neutralizar possíveis matérias negativas sobre as operações. A produção das matérias seguiu durante a fase do jogo de guerra, fazendo a opinião pública apoiar as operações da Coalizão Azul, comandada pelo Comandante da 1ª Divisão da Esquadra, contra o país Laranja, durante a Operação “UNITAS 54-2013”.