04 de Setembro, 2013 - 10:02 ( Brasília )

Autoridades são agraciadas com a Ordem do Mérito Naval, a bordo da Fragata “Niterói”, no Uruguai


No dia 22 de agosto, foi realizada a bordo da Fragata “Niterói” (F40), que se encontrava atracada no porto de Montevidéu, Uruguai, a cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Naval a três autoridades que se destacaram nos serviços prestados à Marinha do Brasil naquele país.
 
Foram agraciados com a comenda o Diretor-Geral de Material Naval da Armada da República Oriental do Uruguai (AROU), Contra-Almirante Leonardo Gustavo Alonso Chiaparra; o Comandante de la Flota del Mar da AROU, Contra-Almirante Daniel Héctor Núñez Rodriguez; e o Ministro-Conselheiro José Gilberto Jungblut.
 
As condecoraçãos foram entregues pelo Embaixador do Brasil no Uruguai, José Carlos de Souza-Gomes, e pelo Comandante da 2ª Divisão da Esquadra, Contra-Almirante Paulo Cesar Mendes Biasoli.
 
A Ordem do Mérito Naval, criada pelo Decreto Nº 24.659, de 11 de julho de 1934, destina-se a premiar os militares da Marinha que se tenham distinguido no exercício da profissão e, excepcionalmente, organizações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, suas bandeiras ou estandartes, assim como personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que tenham prestado relevantes serviços à Marinha do Brasil.
 
Na ocasião, estava presente o Subsecretário da Defesa da República Oriental do Uruguai, Jorge Menédez; o Chefe do Estado-Maior da Defesa da República Oriental do Uruguai, General-de-Exército Daniel E. Castellá; o Comandante-em-Chefe da AROU, Almirante-de-Esquadra Ricardo Ernesto Giambruno Volpi; o Chefe do Estado-Maior da AROU, Contra-Almirante Daniel Enrique Menini Alvarez; adidos brasileiros e estrangeiros acreditados no Uruguai; e autoridades civis.  
 
Na oportunidade, o Contra-Almirante Alonso ressaltou que este é um reconhecimento não só às pessoas, mas também à Armada da República Oriental do Uruguai. “Este é mais um sinal da proximidade entre as duas Marinhas”.
 
A AROU e a Marinha do Brasil realizam, até o dia 11 de setembro, a Operação “ATLANTIS-II”, na área marítima compreendida entre Montevidéu e Rio de Janeiro.