26 de Agosto, 2013 - 19:24 ( Brasília )

Navio de guerra russo chega à Venezuela para fortalecer 'laços de amizade'


O navio de guerra russo "Moscou" atracou nesta segunda-feira na Venezuela procedente da Nicarágua, em uma visita que também incluiu Cuba, informou uma fonte militar.

"Temos aqui a frota da Federação Russa. Este tipo de atividade de operar em conjunto e fortalecer os laços de amizade é, de qualquer ponto de vista, conveniente para ambos os países", disse nesta segunda-feira o comandante naval de operações da Marinha venezuelana, Jesús Ortega Hernández.

No total, 514 marinheiros foram recebidos no porto de La Guaira com 21 salvas de artilharia pelo alto comando da Força Armada e da Infantaria da Marinha venezuelana.

A delegação naval russa permanecerá no país até 29 de agosto e sua tripulação fará, entre outras atividades, uma homenagem ao falecido presidente Hugo Chávez, indicou em seu portal a Agência Venezuelana de Notícias.

O "Moscou" é o primeiro de um total de quatro navios que vão atracar na Venezuela.

O navio russo, que zarpou da Rússia no dia 6 de junho, mede 185 metros de extensão e conta com radares e armamentos como foguetes com mais de 600 km de alcance e canhões móveis capazes de repelir ameaças em um raio de 60 km.

A Rússia é um grande fornecedor de equipamentos militares ao país sul-americano