07 de Agosto, 2013 - 11:33 ( Brasília )

Operação “Iguaçu-2013” prepara navios para “Fraterno-XXXI”


A Fragata “Niterói” (F40) e o Navio-Tanque “Marajó” (G27) suspenderam da Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ), na Ilha de Mocanguê, no dia 28 de julho, rumo a Rio Grande (RS), dando início à Operação “Iguaçu-2013”. A Operação tem como propósito aumentar o grau de aprestamento dos meios navais e de suas tripulações visando o início da Operação “Fraterno-XXXI”, em agosto, que será realizada, em conjunto, com a Armada da República Argentina (ARA). Encontra-se embarcada, também, uma aeronave Super “Lynx” (AH-11A).
 
O Submarino “Tikuna” (S34), que participará da Operação com a ARA, suspendeu, no dia 22 de julho, e também apoiará eventos da “Iguaçu”. A Fragata “Greenhalgh” (F46), que também comporá o Grupo-Tarefa (GT) Brasileiro na “Fraterno-XXXI”, suspenderá do Rio de Janeiro, ainda, nesta semana, para juntar-se aos demais meios da “Iguaçu” nas proximidades de Rio Grande.
 
Foram programados diversos exercícios, como transferência de carga leve, transferência de óleo no mar, trânsito sob ameaça aérea, manobras com aeronaves e exercícios de tiro, entre outros. Em paralelo, as tripulações são adestradas diariamente com outros eventos e exercícios, como Postos de Combate, Postos de Abandono, avarias operacionais e de controle de avarias.
 
A Operação “Iguaçu-2013” encerrar-se-á no dia 07 de agosto, com a chegada do GT Brasileiro na Base Naval de Puerto Belgrano-Argentina, com o consequente início da “Fraterno-XXXI”.