01 de Agosto, 2013 - 19:40 ( Brasília )

Marinha do Brasil recebe a visita do Comandante da Marinha do Paquistão


No período de 6 e 10 de julho, a Marinha do Brasil recebeu o Comandante da Marinha do Paquistão, Almirante Mohammad Asif Sandila, e sua comitiva com o propósito de estreitar laços entre as duas Instituições. 
 
O Almirante Asif foi recebido pelo Comandante-em-Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Sergio Roberto Fernandes dos Santos; pelo Comandante da 2ª Divisão da Esquadra, Contra-Almirante Paulo Cesar Mendes Biasoli; pelo Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante Ilques Barbosa Junior; e pelo Comandante do 8º Distrito Naval, Vice-Almirante Liseo Zampronio.
 
Nas visitas, o Almirante Asif e sua comitiva conheceram as atividades desenvolvidas pela Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON) e pelo Comando de Operações Navais. Visitaram o Comando do Controle Naval do Tráfego Marítimo e o Centro de Comando do Teatro de Operações Marítimas. Na Escola Naval (EN), localizada no Rio de Janeiro, o Comandante da EN, Contra-Almirante Antonio Carlos Soares Guerreiro, apresentou a estrutura organizacional, as atividades acadêmicas e militares dos futuros Oficiais da Marinha do Brasil, além de apresentar as instalações da Ilha de Villegagnon. 
 
Durante a visita, foi realizada uma reunião bilateral ente o Comandante da Marinha do Brasil, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto e o Comandante da Marinha do Paquistão. Na oportunidade, foi proferida uma palestra sobre a MB e foram discutidos assuntos de interesses mútuos. 
 
No dia 9 de julho, a Comitiva deslocou-se para Itaguaí, no Rio de Janeiro, onde assistiu uma apresentação sobre o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB). Posteriormente, visitou a Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM) e o Estaleiro e Base Naval (EBN). 
 
Em seguida, dirigiu-se ao Comando-em-Chefe da Esquadra (ComemCh), onde os convidados tiveram a oportunidade de conhecer o Centro de Operações da Esquadra (COE) e um pouco mais sobre as atividades desenvolvidas pela Esquadra. A comitiva pôde ainda conhecer os simuladores do Centro de Adestramento Marques de Leão (CAAML) e a Fragata “Niterói”.