12 de Julho, 2013 - 10:47 ( Brasília )

Fragata “União” está de volta ao Líbano


O navio que inaugurou a participação da Marinha do Brasil na Força Interina das Nações unidas no Líbano (UNIFIL), em 2011, chegou na manhã desta quinta-feira (11) ao porto de Beirute. A Fragata “União” (F45) irá substituir a Fragata “Constituição” (F42), que foi o navio capitania da Força-Tarefa Marítima (FTM) nos últimos seis meses, no Líbano. A Cerimônia oficial da rendição do navio será realizada no dia 17 de julho, em conjunto com a cerimônia de entrega da medalha da UNIFIL, que irá condecorar os militares que cumpriram a missão e estão de partida para o Brasil.

A Fragata “União” partiu da Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ), no dia 10 de junho. A chegada do navio contou com a calorosa recepção da tripulação da Fragata “Constituição”, atual navio capitania da FTM. Ao som do enredo da escola de samba União da Ilha, os marinheiros repetiam o refrão em uma só voz cantando “a União voltou, a União voltou”, fazendo um paralelo com o navio que retorna ao Líbano, para mais uma missão. Em clima de alegria, os militares de ambos os navios dividiam-se em dois grupos, os que estavam felizes por terem o sentimento de dever cumprido e os que chegavam vibrando com vontade de enfrentar mais um desafio de trabalhar em prol da manutenção da paz.

A bordo da Fragata “União” o Comandante da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano, Contra-Almirante Joése de Andrade Bandeira Leandro, falou aos militares recém-chegados sobre a importância da participação do Brasil em Missões de Paz. “A partir do dia 17, os senhores representarão, além do povo brasileiro, os 37 países que compõem a UNIFIL e todos os países que compõem a Organização das Nações Unidas. Os senhores serão Mantenedores da Paz”, disse.

FTM-UNIFIL

Em 1978, a UNIFIL foi criada, pela Organização das Nações Unidas, com o objetivo de manter a estabilidade durante a retirada das tropas israelenses do território libanês, além de trabalhar na garantia da paz internacional. Atualmente, possui um contingente de aproximadamente 13.500 pessoas, entre militares e civis de mais de 30 países, dentre eles o Brasil. A FTM-UNIFIL, estabelecida em 2006, é a primeira Força-Tarefa Marítima, criada para integrar uma Missão de Manutenção de Paz da ONU.