25 de Junho, 2013 - 08:40 ( Brasília )

Seminário de Autoridades Marítimas Brasil-Dinamarca é realizado no CIAGA


Nos dias 6 e 7 de junho, foi realizado o Seminário de Autoridades Marítimas Brasil-Dinamarca, no Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), no Rio de Janeiro (RJ). O propósito era discutir os importantes aspectos da formação da “gente do mar”, trocar ideias, experiências e conhecimentos, visando crescimento e aprimoramento das instituições responsáveis pelo Ensino Profissional Marítimo (EPM).

Durante o seminário aconteceram apresentações de sindicatos de profissionais, agências e empresas do setor - Sindmar, Syndarma e SindaRio; das Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante dos dois países - CIAGA, Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA), Svendborg International Maritime Academy (SIMAC) e Maritime and Polytechnic College (MARTEC); da Danish Agency for Higher Education (DAHE) - agência que trabalha com academias de ensino superior profissional, educação artística, cultural e marítima; e da Transpetro.

Na ocasião, foram abordados os seguintes temas: “Segurança da navegação marítima, navegação em águas restritas (simulação e testes de manobras) e Pilot Exception Certification (PEC)”; “Segurança da navegação de esporte e recreio”; “Transporte marítimo: as questões ambientais, desafios e oportunidades”; a Convenção “STCW” (incluindo padrões de competência para o Oficial Eletro-Técnico), ECDIS e uso de simuladores: experiências acadêmicas para o treinamento de alunos; “Operação DP: aprendizado e troca de experiências”; e a “Implementação da MLC, incluindo qualificação de cozinheiros a bordo, procedimentos para queixas e reclamações, etc”.

No evento também foi apresentado o Memorando de Entendimento (MoU), que estabelece a realização de intercâmbio de alunos e professores das Escolas de Formação dos dois países. Esse documento propõe a cooperação técnica, científica e tecnológica bilateral e cria condições favoráveis para cooperação, em longo prazo, para as questões do ensino superior marítimo e da formação marítima.

O seminário foi uma oportunidade para a Marinha do Brasil conhecer melhor as modernas técnicas que orientam as atividades da Autoridade Marítima Dinamarquesa, na execução das atribuições de sua responsabilidade, particularmente nas áreas do EPM e da preservação da poluição ambiental. Exemplos disso são os projetos de navios conteineiros de grande porte com o máximo de eficiência energética – navios verdes – que demostram a qualidade já alcançada pela Dinamarca, não apenas na construção naval, como também na operação eficaz e limpa de sua imensa frota mercante.