COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Segurança

20 de Outubro, 2002 - 18:00 ( Brasília )

MOUT - O Impensável Chegou


URBAN WARFARE

Military Operations in Urbanized Terrain--MOUT
Guerra Urbana

O Impensável Chegou


O pavor de Comandantes, soldados e planejadores táticos e estratégicos de Estado Maior, a luta em terro urbano chegou para ficar. Palavras que se tornaram clássicas, tais como: Stalingrado, Hue, Beirute, poderão ser o padrão no futuro.

Saddam Hussein ao antever uma estratégia para o possível ataque americano planeja o confronto ser em terrenos urbanizados do Iraque.Escapa assim do conflito em terreno aberto como foi na Guerra do Golfo.

Tropas Americanas empregadas no Afeganistão, em sua maioria foram US Marines. Por seu treinamento específico em Urban Warfare.

Colômbia Comuna 13 Distrito de Medellin semana 14-15 Outubro 2002

Rio de Janeiro--a ação sempre crescente do narcotráfico e sua capacidade de negar a ação às forças policiais os terrenos urbanizados dos morros.

Agindo politicamente correto o Exército Brasileiro tem ignorado as ações em terreno urbanizado. Mesmo levando em consideração as questões de movimentação e de logística. Todos os exercícios tem sido em campo aberto, demonstrando a preparação de um conflito que possivelmente , não acontecerá da forma tradicional.

Mais especificamente, as ações mais expressivas do Exército Brasileiro tem sido exatamente em áreas urbanas. Vejamos operações como:

1988-- Retomada das instalações da CSN--Volta Redonda

1992-- Rio 92. Preparação e apoio de segurança ao maior encontro de presidentes até hoje na história.

1992-1994--Operações no Rio de Janeiro, em apoio às forças de segurança

1996-2001--Inúmeras intervenções em substituições às PMs em greve, MG, Salvador,, Recife, Tocantins, RS, etc.

Além disso a proteção de instalações críticas como: portos, aeroportos, normalmente feitas pelas forças. Nesse campo o Corpo de Fuzileiros Navais tem mais experiência pois continuadamente estão exercitando e simulando proteção de portos.

Colômbia--O futuro padrão?

A Comuna 13 distrito de Medellin, Colombia, foi cercada pelas tropas do governo após três dias de violentos combates entre exército e os rebeldes. O Presidente Alvaro Uribe deu ordens para as tropas federais retomarem a cidade, que tinha se tornado inacessível às forças policiais.

O resultado foi o pior combate visto nos últimos anos na Colômbia. Empregando cerca de 3.000 homens e declarando que não haveria áreas que fossem restritas às forças militares . Procurando em vários pontos na região e em especial por túneis e refúgios.

Uma descrição do ataque é dada de forma exemplar pelo correspondente Jeremy McDermott, do New Scotsman:

"São labirintos. Uma selva de concreto." afirmou General Mario Montoya, comandante das operações preparando-se para um novo dia de combates.

Tropas se movem através das ruelas estreitas tem recebido fogo de armas leves, mas também de lança granadas e metralhadoras pesadas. Um dos primeiros homens a morrer, Diego Andrés Acosta Herrera, tenente da polícia, foi morto por uma granada lançada aos seus pés. Um oficial de Forças Especiais e dois de seus soldados foram atingidos em uma emboscada.

Grupos de Direitos Humanos afirmam que as forças policias tem atirado indiscriminadamente. As balas rompem facilmente as paredes das casa construídas de forma precária..

Helicópteros voando acima do telhado das casas, atiram nas ruas. Os guerrilheiros destruíram edifícios para bloquear caminhos e conduzir as tropas para emboscadas . O nível de sofisticação dos combates mostra o resultado dos treinamentos recebidos de agentes do IRA nos últimos anos. Três estão na prisão esperando



Outras coberturas especiais


Doutrina Militar

Doutrina Militar

Última atualização 23 OUT, 17:00

MAIS LIDAS

Especial MOUT