COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Segurança

17 de Agosto, 2012 - 09:50 ( Brasília )

Operação conjunta na Maré encontra metralhadora antiaérea


Uma metralhadora antiaérea (calibre .30) do Exército Boliviano e fabricada na República Tcheca foi apreendida ontem na Vila do João, na Maré (RJ), durante uma operação conjunta das polícias Civil, Militar e Federal. A ação, que contou com o apoio de três helicópteros e três carros blindados, visava combater o tráfico de drogas e impedir uma guerra entre traficantes do Complexo do Caju que tentam invadir as favelas da Vila do João, Vila dos Pinheiros, Salsa e Merengue, e Timbau. Na ação, dois suspeitos foram mortos. As duas pistolas que estavam com os criminosos foram apreendidas.

Policiais do Bope também recolheram uma placa ameaçando os moradores da Maré que jogassem lixo no local. No pedaço de madeira, havia o desenho de um fuzil, com a frase "Se jogar vai ser cobrado", e a ameaça de cortar a mão de quem desrespeitasse a ordem.

Iniciada às 9h, a operação reuniu cerca de 200 agentes, do Comando de Operações Especiais (COE) da PM, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Federal, e do Serviço Aeropolicial da Polícia Civil. A polícia informou que outras ações contra o tráfico serão feitas na Maré para implantar a sede do COE que ficará na região.
À tarde, policiais civis prenderam dois suspeitos de integrar o tráfico da Maré após um confronto na Linha Amarela, na altura do pedágio. Com eles, segundo a polícia, foram apreendidos um fuzil, uma pistola, granadas e munição. Os dois presos e outros quatros que conseguiram escapar do cerco teriam ido à Barra em dois carros para escapar da ação policial na favela pela manhã. Eles foram abordados quando retornavam à Maré.



Outras coberturas especiais


Doutrina Militar

Doutrina Militar

Última atualização 23 OUT, 17:00

MAIS LIDAS

Especial MOUT