COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Segurança

08 de Fevereiro, 2012 - 18:03 ( Brasília )

Moradores de favela de SP protestam contra desocupação, diz PM


Moradores da Favela do Corujão, na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo, protestaram na tarde desta quarta-feira contra uma ação de desocupação empreendida pela prefeitura, informou a Polícia Militar. Segundo a corporação, cerca de 30 manifestantes bloquearam ruas e atearam fogo a móveis, pedaços de madeira e contêineres de lixo.

O protesto ocorre três dias depois de um incêndio que deixou duas pessoas mortas na favela. Contatada, a subprefeitura de Vila Guilherme afirmou que, às 17h, a situação já estava controlada, sem o registro de feridos nem o uso de armamento não-letal por parte dos militares, informação corroborada pela PM.

Até as 17h20 desta quarta-feira, a subprefeitura ainda não havia respondido ao Terra detalhes sobre a desocupação contra a qual se mobilizaram os moradores.

Um incêndio atingiu a favela do Corujão na manhã de domingo. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, 24 viaturas estiveram no local para apagar o fogo, que matou duas pessoas e deixou outras duas feridas. Em dezembro do ano passado, a favela do Moinho, no bairro de Campos Elíseos, na região central da capital paulista, também pegou fogo, deixando cerca de 300 famílias desabrigadas.