COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Terrestre

14 de Fevereiro, 2017 - 10:30 ( Brasília )

Exército mantém a Força-Tarefa Conjunta Capixaba na Grande Vitória


Durante as ações da Operação Capixaba, o Exército Brasileiro, por intermédio de suas organizações militares, continua sua atuação na garantia da lei e da ordem no Estado do Espírito Santo. Dentre as atividades desenvolvidas, as tropas da Força-Tarefa Conjunta Capixaba ocuparam, na manhã de 9 de fevereiro, os terminais das cidades de Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra, onde também realizaram patrulhamento ostensivo e controle de vias de acesso.

Nesse mesmo dia, o Comandante da Força-Tarefa, General de Brigada Adilson Carlos Katibe, respondeu a perguntas de jornalistas sobre detalhes da Operação, em uma coletiva de imprensa, da qual também participaram o Capitão de Mar e Guerra Alexandre Henrique Batista Barbosa, Oficial de Ligação da Marinha do Brasil; o Tenente-Coronel Jorgeli Almagro Caralo, Oficial de Ligação da Aeronáutica; e o Tenente-Coronel Alexandre de Oliveira Costa, Comandante do 38º Batalhão de Infantaria (38º BI).

Na manhã de 10 de fevereiro, a Força-Tarefa passou a realizar o patrulhamento ostensivo e o controle de vias de acesso em terminais e nas garagens dos ônibus nessas mesmas cidades. Nesse mesmo dia, chegaram ao Espírito Santo as Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal – Média de Rodas (VBTP-MR) Guarani, que, no final da tarde, começaram a ser empregadas na operação.

No dia 11, a Força-Tarefa prosseguiu no patrulhamento ostensivo, tanto nas cidades em que já vinha atuando, como em outras duas: Guarapari e Cachoeiro de Itapemirim. Escolas, empresas, comércio e órgãos de justiça voltaram a funcionar, e a população começou a sair de casa, retomando sua rotina.

Esse dia também foi marcado pela chegada do comboio de viaturas da 4ª Brigada de Infantaria Leve.



Outras coberturas especiais


Guerra Hibrida Brasil

Guerra Hibrida Brasil

Última atualização 18 OUT, 09:45

MAIS LIDAS

Especial MOUT