COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Segurança

30 de Outubro, 2016 - 20:30 ( Brasília )

GUEs-9ª Bda Inf Mtz tem forte atuação no 2º turno eleições 2016 no RJ



Comunicação Social e Cultura Comando GUEs - 9º Bda Inf Mtz



Para dar prosseguimento ao trabalho de apoio às ações estratégicas de segurança solicitado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para eleições 2016, o Centro de Operações do Grupamento de Unidades Escola-9ª Bda Inf Mtz (COp GUEs-9ª Bda Inf Mtz)  também concentrou suas atividades na coordenação e monitoramento da operação de segurança de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), no segundo turno das eleições que aconteceram neste dia (30OUT2016), nas cidades de Nova Iguaçu e Belford Roxo e no bairro de Irajá no Rio de Janeiro.

Atuaram em Nova Iguaçu:

- 1º Batalhão de Infantaria Motorizado (Escola), 1º BIMtz(Es);
- 2º Batalhão de Infantaria Motorizado (Escola), 2º BIMtz(Es), e o,
- 31º Grupamento de Artilharia de Campanha,  31º GAC(Es).

Já em Belford Roxo, atuaram:

- 57º Batalhão de Infantaria Motorizado (Escola) – 57º BIMtz(Es), e o,
- 2º Regimento de Cavalaria de Guarda (2º RCG).

No bairro de Irajá, no município do Rio de Janeiro atuaram o Batalhão de Infantaria da Aeronáutica (BInfAe).

Dentre suas ações, estão previstas a ocupação de pontos de visibilidade nos principais acessos às comunidades, o reconhecimento e o patrulhamento dos locais de votação, estabelecendo um posto de controle tático, com presença permanente, durante todo o período da operação.

Os militares também foram orientados a não manusear ou retirar propaganda ou material eleitoral. Também não deverão carregar propaganda e material eleitoral apreendidos em viaturas militares.

Assim como no primeiro turno, o emprego das tropas nas ruas tem garantido a campanha eleitoral na região fluminense, possibilitando que todas as atividades de divulgação, propaganda, fiscalização e medidas administrativas que antecederam as votações sejam realizadas de forma livre e organizada.

Para isso, estão sendo empregados mais de 2.200 militares entre Exército e Força Aérea, cerca de 133 viaturas, dentre elas a VBTP-MR Guarani, além de motos e ambulâncias. Para as ações de comando e controle, está sendo utilizada a viatura C2-PC Tático, do Batalhão Escola de Comunicações (BEsCom).