COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Terrestre

09 de Fevereiro, 2015 - 11:40 ( Brasília )

Militares do Exército do Sertão de PE estão prontos para missão no RJ

Tropa participou de treinamento para atuar no Complexo da Maré. De Petrolina, serão enviados 138 militares.

Amanda Franco

 

O som da corneta anunciava o início da solenidade de formação de 138 militares do 72ª Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército (72º BIMTz) em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Eles foram escolhidos para a missão de paz no Complexo da Maré, na cidade do Rio de Janeiro-RJ e devem começar a embarcar a partir desta segunda-feira (9).

Os militares começaram a receber o treinamento ainda no final de dezembro e durante todo o mês de janeiro. “Fizemos questão de realizar esta formatura para nos despedir e desejar a todos boa sorte”, enfatizou o comandante do 72º BIMTz, coronel Rodolfo Celso Paiva Dias de Sá.

A tropa do Exército Brasileiro tinha sido escalada para permanecer no Complexo da Maré até o final de 2014, mas, por pedido do Governo do Rio de Janeiro ao Ministério da Defesa, o prazo foi prorrogado até abril de 2015.

“Nós fomos incumbidos para substituir a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada de Florianópolis (SC) que hoje se encontra lá na pacificação. Estamos, então, empregando a Brigada aqui do Nordeste que foi mobilizada para esta missão”, disse o coronel.

O grupamento de Petrolina irá para o estado carioca junto os militares pernambucanos de Jaboatão dos Guararapes e de Garanhuns. Eles formarão a Força Tarefa Patriota.

Durante a formação, o sargento Benigno transmitiu aos militares escalados e seus familiares presentes palavras de força e fé. Para desejar um bom trabalho, alguns familiares participaram da solenidade, como a mãe do sargento Damasceno, Ana Cristina Damasceno.

Ela não escondeu a aflição, mas disse estar muito orgulhosa com a missão que o filho recebeu. “É uma preocupação e ao mesmo tempo um orgulho em saber que eles estão defendendo a nossa pátria. É uma emoção muito grande, mas há também a expectativa deles irem e voltarem em paz”, afirmou Ana Cristina.

 

Ismael Silva do Nascimento, 18 anos, chegou cedo para ver o irmão, Emicarlos Manoel Carlos do Nacimento, na formatura militar antes de sua ida para o Complexo da Maré. “Estou sentindo muito orgulho de ele ter conseguido chegar até aqui. Agora é esperar a ida e a volta do mesmo jeito”, disse.

Preparo das tropas

Durante a formação, o coronel Paiva Dias também ressaltou a atuação de outros membros do Exército caso a Polícia Militar de Pernambuco entre em greve. “O Batalhão tem sido chamado de forma constante a atender demandas de emprego operacional e tenho a certeza que incumbiremos ambas as funções”, disse Paiva Dias.



Outras coberturas especiais


Base Industrial Defesa

Base Industrial Defesa

Última atualização 18 DEZ, 10:00

MAIS LIDAS

Especial MOUT