COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Segurança

16 de Junho, 2011 - 11:05 ( Brasília )

Fronte Interno - Blindados da Marinha subirão a Mangueira

Helicópteros da Aeronáutica e da PM também ajudarão na ocupação, que abrirá caminho para uma UPP

Gustavo Goulart

Assim como aconteceu na ocupação dos complexos do Alemão, da Penha, em novembro passado, e do São Carlos, em fevereiro, blindados da Marinha e militares do Corpo de Fuzileiros Navais participarão da ocupação do complexo de morros da Mangueira, no domingo que vem. Os blindados, entre eles, o anfíbio lagarta M-113, capaz de derrubar barreiras do tráfico, serão usados para transportar policiais até o alto dos morros da Mangueira, dos Telégrafos e do Parque Candelária. A Aeronáutica também deverá atuar com helicópteros de guerra. A ocupação abrirá caminho para a instalação da 18ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da cidade.

O blindado M-113 é o mesmo modelo usado pelo Exército americano na Guerra do Vietnã e em missões no Iraque. Eles têm capacidade para levar 12 homens de uma só vez. Apesar de terem uma metralhadora calibre .50, o armamento - que pode derrubar um helicóptero - não costuma ser usado.

Cerca de 400 homens de cinco unidades da Polícia Militar participarão da ocupação da Mangueira, segundo uma fonte na PM. Serão policiais do 4º BPM (São Cristóvão), do Batalhão de Choque, da Companhia de Cães, do Grupamento Aéreo (com helicópteros) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Os blindados do Bope e de outras unidades também serão usados. Policiais civis da 17ª DP (São Cristóvão) e agendas da Polícia Federal participarão da ocupação, aumentando ainda mais o efetivo. A 18ª UPP fechará um cinturão de segurança criado pela ocupação de quase todas as favelas do Maciço da Tijuca.

Chefes do tráfico já não estariam mais na favela

Ontem, na Mangueira, os moradores preferiram o silêncio, ainda amedrontados pelo poder do tráfico na região. Informações da Polícia Civil dão conta de que os traficantes Alexander Mendes da Silva, o Polegar, chefe do tráfico no morro, e Fabiano Atanázio da Silva, o FB, responsável pela venda de drogas na Vila Cruzeiro e que fugira para o morro, já teriam debandado. A recompensa para quem der informações que ajudem a polícia a prender Polegar é de R$2 mil. Quem tiver alguma pista deve ligar para o Disque-Denúncia (2253-1177).