COBERTURA ESPECIAL - Mergulhando na História - Aviação

13 de Outubro, 2013 - 16:00 ( Brasília )

Martin Drewes “decolou” para sempre


Martin Drewes “decolou” para sempre.  Faleceu na manhã de domingo (08:30h), e  o velório na Capela Mortuária “São José” – Blumenau – até amanhã, dia 14/10 às 11:00h.
 
Em seguida, cerca 13:30h, cremação – “Crematório Vaticano” em Balneário Camboriú – e finalmente suas cinzas com as da esposa, serão distribuídas na Baía da Guanabara, conforme seu desejo!

 
Segue nota de Nestor Magalhães relatando o seu encontro com o Ás alemão, em 2011.
 
Em anexo vão algumas fotos do meu histórico encontro com o Às da Luftwaffe, Major Martin Drewes, detentor da Cruz de Cavaleiro com Folhas de Carvalho, em Blumenau no dia 7 Set 11.
 
Ele tem ao seu crédito 52 vitórias aéreas, a maioria  quadrimotores. Seu avião foi um Messerschmitt 110, com radar e dois canhões extras de 20 mm atirando em ângulo para cima e instalados ante-a-ré da cabine. Veio para o Brasil em 1949 e se fixou definitivamente na cidade de Blumenau em 1988. O Major Drewes está chegando aos 93 anos (2011), lúcido, extremamente gentil e um verdadeiro arquivo vivo de História.
 
Peguei na mão a sua Cruz de Cavaleiro e o telegrama original de felicitações assinado pelo Führer. Como é possível um velhinho tão doce, risonho, simpático, de olhinhos azuis muito vivos, de cabelos brancos que mais pareciam ser de algodão, ter sido um caçador noturno implacável, duro, robustecido na crença pela qual combatia, repleto de coragem.



Outras coberturas especiais


Guerra Hibrida Brasil

Guerra Hibrida Brasil

Última atualização 22 OUT, 20:50

MAIS LIDAS

Mergulhando na História