COBERTURA ESPECIAL - Aço - Leopard 1A5Br - Terrestre

10 de Novembro, 2014 - 16:30 ( Brasília )

Acidente com Leopard do Exército em Rosário do Sul

Lusardo Ottaran, 79 anos, passará pela segunda cirurgia na tarde desta segunda-feira

Lizie Antonello

 

Depois de um imenso susto e de ter passado por uma cirurgia na mão esquerda, o agricultor Lusardo Ottaran, 79 anos, será submetido a outro procedimento na tarde desta segunda-feira em Rosário do Sul. O idoso sobreviveu a um acidente em que sua caminhonete se chocou com um blindado do Exército em uma estrada do interior do município.Ele está internado no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora e passa bem.

O acidente ocorreu por volta das 9h40min do último dia 30. O agricultor trafegava com sua caminhonete S 10 pela estrada de chão que liga a BR-290 ao Campo de Instrução Barão de São Borja, conhecido como Saicã, quando deparou com um comboio de blindados (Leopard 1A5) do 4º Regimento de Carros de Combate (4º RCC). Os blindados seguiam em direção ao campo, no sentido contrário ao do agricultor para um exercício militar.

À frente das viaturas, um batedor do Exército sinalizou ao idoso a passagem do comboio. Ottaran parou a caminhonete junto ao barranco, esperando que os blindados cruzassem. Duas passaram ao lado da caminhonete, sem problema. A terceira não conseguiu e cruzou por cima da caminhonete, esmagando parte do veículo, exatamente, onde fica o motorista.

A sorte de Ottaran foi que, ao ver o blindado se aproximando, ele passou para banco do carona rapidamente. Com isso, não teve ferimentos mais graves. O acidente resultou em uma fratura na perna esquerda e três dedos da mão esquerda quase amputados _ uma cirugia reconstituiu os membros.

Ele foi socorrido pelo próprio condutor do Leopard que o atingiu, um jovem de 27 anos. O militar também se feriu levemente ao quebrar o vidro da caminhonete para retirar o idoso do veículo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e levou Ottaran ao hospital.

Segundo a coordenadora do Setor de Internação do Nossa Senhora Auxiliadora, Patrícia Antunes, o idoso teve os dedos re-enxertados em uma cirurgia de emergência, após o acidente. Ele permaneceu internado e, nesta segunda, passará por outra cirurgia para colocação de uma haste na perna. Em geral, segundo a servidora, ele passa bem.

IPM vai apurar as circunstâncias do acidente

O 4º RCC, com sede em Santa Maria, abriu Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias do acidente.

Os Leopard medem 3m40cm de largura, pesam 42 toneladas e se locomovem por sistema de lagarta (espécie de esteira). Por isso, em geral, quando precisam ser deslocados de um ponto a outro, são transportados sobre carretas. Porém, segundo a Seção de Relações Públicas do 4º RCC, devido à chuva que caía naquele dia, havia muito barro na estrada, o que impossibilitaria que o transporte fosse feito desse modo. Como as carretas poderiam atolar, os blindados foram levados até o acesso à estrada, de onde seguiram trafegando.

O setor informou ainda que o Exército está dando a assistência para a família do idoso.